Público-Alvo: Como aproveitar as informações de seu público-alvo para uma boa abordagem?

Publicado em 10 de junho de 2022

público alvo como aproveitar as informações

Independente do seu nicho de vendas, com certeza você já deve ter ouvido o termo público-alvo. Esse assunto está cada vez mais comum e torna-se essencial para as empresas, uma vez que estas descobrem que o sucesso das vendas está diretamente associado a encontrar o público certo.

Vamos começar com uma analogia. Suponha que você venda pulseiras específicas para quem joga basquete. Elas podem ser usadas por qualquer um, mas a ideia da sua marca é atender a esse público específico e as pulseiras foram criadas com um propósito.

Se algumas pessoas pontuais as comprarem, ainda serão vendas que poderão reverter em lucro para a sua empresa. Porém, se você conseguir atingir o público-alvo, nesse caso jogadores de basquete, você terá mais resultados.

Como? Não apenas as vendas aumentarão, pois vão alcançar o público que você determinou, mas também a marca irá, aos poucos, se tornar referência dentro da área do basquete e, se for devidamente divulgada, poderá ser até uma febre para as pessoas que jogam basquete.

Com o tempo, ter essa pulseira será sinônimo de ser praticante do esporte. Isso é completamente diferente do que aconteceria se você investisse em um público geral para essas vendas. Você ainda poderia lucrar, mas estaria longe de alcançar a referência que você almeja.

O que é público-alvo? 

público alvo como aproveitar as informações

Toda empresa ou marca tem um público-alvo. Ele, nada mais é, que um grupo de pessoas que têm características em comum ou o mesmo interesse pelos produtos ou serviços que determinada empresa oferece.

Alguns públicos-alvo são maiores que outros. Por exemplo, enquanto uma loja de roupas populares tem um público de classe média a média alta, outra pode vender apenas para a classe alta.

Além disso, o público-alvo é a parcela social para o qual a equipe de marketing deverá direcionar as suas vendas com o intuito de comercializar as soluções e desenvolver relacionamento. Assim, cria-se também um perfil da marca e quem quiser aliar-se a esse perfil, optará pelo que você vende.

Principais características de um público-alvo 

As principais características que esse público precisa ter em comum são:

  • Localização geográfica
  • Escolaridade
  • Renda mensal
  • Objetivos
  • Necessidades
  • Comportamentos nas mídias sociais
  • Faixa etária
  • Hábitos de consumo

Se as características do seu público forem alinhadas à proposta de valor da sua empresa, as chances de reconhecimento e venda são muito mais favoráveis. E é por isso que é tão importante traçar essas características, escolhendo qual delas deve ser o centro das suas estratégias.

Público-alvo é igual a persona? 

Antes de continuarmos, é fundamental pontuarmos que esses dois conceitos são diferentes. A persona é a representação fictícia do que seria seu cliente ideal.

Dessa maneira, elas são a segmentação mais específica possível do público-alvo, uma vez que não generalizam as características. Em outras palavras, funcionam como um recorte específico do público.

Por outro lado, o público-alvo é mais abrangente, levando em conta características que englobam mais consumidores.

Como dialogar com o seu público 

O primeiro ponto para dialogar com o seu público-alvo é definir quem é ele. Confira, a seguir, o passo a passo para fazer isso da melhor maneira!

1 – Conheça o que a sua empresa oferece 

Como você pode atingir o público-alvo se nem mesmo você conhece, profundamente, as características dos produtos ou serviços? Você só vai conseguir direcionar para quem são as vendas se souber o que os produtos oferecem.

Assim, é através das características fundamentais da sua empresa e dos problemas que ela se dispõe a resolver que o público poderá ser definido.

2 – Onde estão os problemas que a sua empresa soluciona?

Confira o exemplo: você é dono de uma floricultura. Onde estão as pessoas que compram flores? Por que elas querem comprá-las? Para agradar a esposa, felicitar alguém por um aniversário ou conquista…

Onde esse público-alvo poderia estar? Onde ele pesquisaria sobre as floriculturas que têm as flores que ele precisa? Talvez a resposta seja em aplicativos de delivery! Faça esse exercício, busque a solução para o exemplo.

É exatamente isso que você precisa fazer com o que a sua empresa comercializa. Defina o que ela soluciona e, a partir disso, ache onde as pessoas que têm esses problemas estão.

3 – Faça pesquisas 

Você pode tanto procurar na internet, quanto fazer algumas pesquisas para a sua empresa através de formulários no e-mail, por exemplo.

Tendo tudo isso definido e organizado, partiremos então para o diálogo. Ele precisa ser extremamente coerente com o público que você está buscando!

Os dois modelos de comunicação mais comuns e falados dentro do mercado são o B2B e B2C. A diferença entre eles é que, basicamente, o B2B vende de empresa para empresa, enquanto o B2C é da empresa para o consumidor, sendo ele uma pessoa física.

B2B ou B2C? 

O B2B é um dos mais atrativos do mercado atual, uma vez que ele possui benefícios que o B2C não o faz. Entre eles, estão:

Maior possibilidade de crescimento 

Isso chama-se escalabilidade. Em outras palavras, a sua empresa conseguirá crescer muito mais e expandir a operação,pois empresas oferecem mais segurança financeira e uma compra em maior escala.

Relacionamentos duradouros 

Enquanto em vendas B2C, o cliente, quando consegue o que quer, encerra o relacionamento com a empresa, o oposto acontece no B2B. Os prazos de uso do serviço ou produto são mais prolongados, permitindo que o relacionamento se estenda e se firme, mesmo quando os concorrentes oferecem menores preços.

Rentabilidade 

Os negócios B2B tendem a ter preços mais altos, o que compensa muito para a empresa que está fazendo a comercialização. Isso só é possível pois seu serviço traz uma proposta de valor.

Exemplos de públicos B2B 

Para te ajudar a entender melhor, nós vamos te dar alguns exemplos!

É um caso de B2B, uma empresa responsável por fabricar e comercializar máquinas para produtores rurais. Os produtores rurais não são o consumidor final, uma vez que ainda haverá a produção e venda de um produto por parte deles.

Também é o caso de B2B, uma produtora de bolos que vende para um mercado, este, por sua vez, revende o produto para o consumidor final.

Um SaaS que é comercializado para uma empresa de TI, por exemplo, também é B2B, pois a empresa o utilizará para desenvolver outros softwares que também serão comercializados.

Entenda a importância de escolher corretamente o seu público 

Tendo tudo isso em mente, você provavelmente já entendeu que o público-alvo é uma grande tendência do mercado e que ele possui vários benefícios agregados à sua utilização.

Dessa maneira, conhecer e aplicar o seu público-alvo em sua comunicação de vendas é indispensável. Sem isso, o seu desempenho jamais superará a concorrência, uma vez que você não atingirá a geração de leads necessária para o lucro.

Com a definição do público-alvo, a sua empresa não perderá mais tempo buscando atingir pessoas que simplesmente não valerão o tempo e o dinheiro gastos com sua atenção.

O público-alvo é a melhor e mais funcional maneira de direcionar o que você vende para quem realmente importa. Isso é fundamental, pois é a única maneira de gerar conversão financeira real, trazendo lucratividade.

Dessa maneira, a sua empresa, como marca, precisa entender os desejos, necessidades, comportamentos e características do público e repensar as estratégias através disso.

Infelizmente, isso pode ser extremamente complicado na prática. São muitas variantes e traçar o perfil do cliente ideal mostra-se como um desafio muitas vezes intransponível pelo ser humano. Além disso, também é extremamente complicado alcançar esse público, repetindo o padrão estabelecido.

Quer descobrir como sanar esses problemas? Então siga para o fim do artigo!

Qual é a melhor maneira de gerar leads para a minha empresa? 

Todo esse trabalho de pesquisa e de contato do público-alvo da sua empresa é extremamente exaustivo e desafiador. E foi para resolver essa questão que surgiu a Speedio!

Essa plataforma tem o objetivo de ajudar os vendedores a encontrar o público-alvo ideal, gerando leads e potencializando as vendas em até 10 vezes! Incrível, não é?

A Speedio funciona através de big data e permite que você clone o perfil de seus melhores clientes. Sabe o que isso significa? Que você terá acesso multiplicado às oportunidades que mais te dão retorno.

Além disso, a plataforma também permite que você identifique  o nível hierárquico do colaborador da empresa que fará a compra do produto, podendo falar diretamente com ele.

A verdade é que os dados de qualidade fazem uma diferença gigantesca no resultado comercial. Assim, você ganha uma visão privilegiada e os melhores argumentos de venda para seus potenciais clientes.

Mas não acaba por aí. A Speedio também traz a possibilidade de ter o contato das empresas, com telefones validados e e-mails que funcionam perfeitamente. Isso aumentará drasticamente a facilidade da comunicação com o público escolhido.

Sabemos que a escolha do público-alvo é muito difícil e que a geração de leads que geral resultados reais é um grande desafio para a maioria das empresas.

Assim, a Speedio pode ser a solução que você precisa para trazer o crescimento que você tanto sonha.

Clique aqui e fale diretamente com um especialista para tirar todas as suas dúvidas!

Publicado por Vitoria Cristina Pereira

Estudante de Letras na USP, completamente apaixonada pela escrita e pela leitura. Acredito no poder que a tecnologia tem de transformar as relações e facilitar o dia a dia das pessoas. Também creio que a leitura revoluciona todo aquele que se dispõe a aproveitá-la. Juntando esses dois, busco trazer informação e inovação para o seu dia a dia!


Artigos relacionados