As diferenças entre um ERP e um CRM

0
466
Capa diferença ERP e CRM


O ERP e o CRM são ferramentas muito importantes para quem pretende otimizar os processos de sua empresa e cada um deles tem a sua especificidade. O ERP cuida da gestão do negócio como um todo. Já o CRM cuida das relações com leads e clientes. Mesmo com as diferenças na aplicação, as soluções são complementáveis e devem ser consideradas com atenção.

Em tempos de crise econômica, o que você está fazendo para otimizar processos no seu negócio e garantir que a sua empresa continue funcionando a todo o vapor?

Independentemente da situação do país ou do seu negócio, não é segredo para ninguém que é preciso muito jogo de cintura para manter processos e garantir uma gestão eficiente de um time, não é mesmo? Que dirá de uma empresa. Por isso, um dos atalhos para o sucesso é a organização, para que, assim, você possa ter uma visão muito clara do seu negócio e consiga manter a transparência com os seus funcionários e clientes.

Como fazer isso? A resposta é simples: com sistemas e estratégias que permitem potencializar o poder de administração! Para isso, existem dois tipos de sistemas que, quando utilizados juntos, permitem que isso ocorra.

Um velho conhecido para os leitores da B2B Stack, o CRM é a melhor opção para aqueles que precisam realizar a gestão de clientes e processo de vendas e gestão comercial.

Já o ERP é uma alternativa para aqueles que precisam de auxílio para realizar a direção de uma empresa. Afinal, esse tipo de plataforma permite integrar todas as atividades relacionadas à administração de um negócio. 

Para te ajudar a entender qual é a necessidade de cada um e como esse combo pode ser a solução para os seus problemas, confira o texto abaixo!

O que é um CRM?

Do inglês, a sigla significa gestão de relacionamento com o cliente, ou seja, são as estratégias e técnicas que permitem com que você consiga administrar todos os seus compradores, conseguindo mapear as suas necessidades e desenvolvendo uma relação mais próxima com os seus clientes. 

Além disso, são as práticas de CRM que elaboram formas para conquistar novos leads (termo utilizado para descrever possíveis clientes que demonstraram algum tipo de interesse no produto oferecido) e garantir a manutenção das vendas.

Para realizar esse tipo de gestão são utilizados sistemas de automatização que conseguem realizar todos os processos necessários em apenas uma plataforma. Alguns dos benefícios de um CRM, quando aplicado de forma correta, são:

  • Organização dos contatos;
  • Criação de banco de dados por meio de registros;
  • Melhoria no relacionamento com o cliente;
  • Aumento da receita;
  • Conquista de novas vendas;
  • Otimização da interação com o marketing;
  • Criação novos produtos ou serviços;
  • Redução de custos;
  • Mensuração e otimização do desempenho.

O que já escrevemos sobre CRM aqui no blog:

No B2B Stack, você encontra as seguintes categorias que podem te ajudar na busca e escolha do melhor CRM para o seu negócio:

O que é um ERP?

Outra sigla proveniente do inglês, Enterprise Resource Planning (ERP) significa, literalmente, planejamento dos recursos da empresa, e é, de fato, uma solução tecnológica que visa auxiliar na gestão de um negócio. 

Enquanto o CRM lida diretamente com leads e clientes, o ERP é utilizado mais comumente para administrar setores de uma empresa como, por exemplo, financeiro, pessoal, contábil, fiscal e administrativo.

Isso permite com que a maioria das equipes relacionadas à administração consiga trabalhar de forma integrada, acompanhando processos em comum, melhorando o fluxo de comunicação e, consequentemente, auxiliando na diminuição de atritos entre times.

Alguns dos benefícios de um sistema de ERP são: 

  • Controle sobre a operação;
  • Redução de falhas e erros manuais;
  • Aumento da organização das áreas fiscal e tributária;
  • Melhoria na comunicação entre times;
  • Redução de custo e de tempo gasto em tarefas que podem ser automatizadas;
  • Aumento da produtividade dos times administrativos;
  • Acompanhamento em tempo real das operações realizadas pela empresa.

O que já escrevemos sobre ERP aqui no blog:

No B2B Stack, você encontra as seguintes categorias que podem te ajudar na busca e escolha do melhor ERP para o seu negócio:

Por que contratar um CRM? Que problemas um CRM resolve?

Quantas vezes você já recebeu diversos e-mails ou anúncios de uma empresa que não tinha nada a ver com o que você precisava? Ou quantas vezes você enjoou de um produto por causa da quantidade de vezes em que você foi bombardeado com campanhas?

Esses são sintomas de uma empresa que não prioriza o seu CRM ou faz uma má administração de leads e clientes!

O CRM é uma solução para aqueles que precisam melhorar a estratégia de sua empresa e aumentar a taxa de conversão. Como assim? Quando uma plataforma de gestão de clientes é implementada de forma correta, você consegue não apenas catalogar e entender quem são seus leads e clientes, mas também descobrir e entender a jornada deles, desde o momento em que conhecem a sua marca até a venda e o atendimento.

Isso faz com que você otimize diversas ações no dia a dia de trabalho. Por exemplo, ter a possibilidade de descobrir em qual plataforma cada estratégia de marketing é mais eficiente. Além disso, você consegue descobrir quais são as falhas no seu produto ou site que estão afastando os possíveis compradores.

O CRM também é uma opção para que as suas equipes de marketing e vendas mantenham uma comunicação ágil, permitindo com que ambos os times possam trabalhar juntos e focados em uma meta em comum.

Por que contratar um ERP? Quais são os problemas que um ERP resolve?

Como foi explicado no guia completo de ERP, esse tipo de plataforma é adquirida em módulos que, na maioria dos casos, visam padronizar processos internos e diminuir a chance de erros cometidos na gestão de uma empresa.

Uma das maiores dores de um empreendedor é ter que lidar com a falta de comunicação entre equipes, algo que acaba resultando em baixa produtividade, falhas humanas e pode até mesmo comprometer o caixa da empresa, visto que uma das áreas mais beneficiadas com o ERP é a de administração.

Além disso, com a transparência, esse tipo de plataforma permite com que várias equipes compreendam qual é o papel de cada um dentro do negócio e, como todos buscam cumprir uma meta em comum, isso faz com que existe um alinhamento estratégico entre todos os times.

O ERP também facilita ao automatizar diversos processos, diminuindo o trabalho manual, o que permite com que mesmo as áreas administrativas possam trabalhar com muito mais eficiência e focando o know-how de cada funcionário em estratégias para otimizar processos e reduzir os custos.

CRM e ERP são complementares

Apesar de ambos os sistemas terem funções muito distintas, visto que um trabalha mais diretamente com clientes e o outro visa auxiliar na gestão, o CRM e o ERP são complementares!

Ao utilizar esses dois tipos de estratégia, as chances de otimizar os gastos e aumentar as conversões são bem altas. Afinal, como apontam diversos especialistas, estamos vivendo na época do data-driven, ou seja, para aumentar a eficiência, as empresas precisam ser guiadas por dados.

Por isso, uma empresa bem estruturada deve ter bons sistemas de ERP e CRM que se encaixem perfeitamente no tipo de negócio.