Dicas matadoras para extrair o máximo do seu CRM de vendas

0
268
Capa das dicas de CRM de vendas

A escolha de um CRM de vendas pode ajudar muito em processos chave da empresa sendo possível, com boas práticas, a conquista de novos leads, organização de contatos, melhora no relacionamento com os clientes e muito mais. Para isso, existem algumas dicas que podem ser usadas para a maximização dos resultados. Usar o CRM para controlar o processo inteiro de vendas, por exemplo, pode ser muito benéfico para a empresa.

Em tempos de glória ou de crise, algo que nunca perderá valor será o tempo! Precioso e caro, o tempo sempre será um dos maiores bens de uma empresa, afinal, quando bem utilizado, pode fazer com que os negócios encontrem o timing correto e consigam deslanchar.

Por isso, a palavra-chave é otimização do tempo, pois garante que você tenha a oportunidade de aproveitar tudo o que há de bom sobre as equipes. E é assim que surge o CRM, do inglês Customer Relationship Management. O termo está totalmente relacionado à gestão de relacionamento com o cliente

É por meio de estratégias, ferramentas e processos que sua empresa desenvolve uma boa relação com leads e possíveis clientes, garantindo não apenas a venda, mas também a divulgação orgânica da marca a longo prazo.

No CRM, por exemplo, é possível desenvolver um funil de vendas e descobrir cada etapa realizada até a conversão final, assim como trackear qual é o desejo de cada cliente e o que está o impedindo de realizar a compra. Com isso, você pode enviar conteúdos que o faça entender a necessidade daquele produto e permitir que ele tenha a melhor experiência possível.

Conheça outros benefícios de usar uma estratégia de CRM:

  • Melhoria no relacionamento com o cliente: a partir do registro das atividades do consumidor, fica muito fácil descobrir o que está agradando-o em sua jornada e o que está causando problemas. Por exemplo: o check-out está lento? O site demora para responder? As informações sobre o produto são falhas?
  • Otimizar a estratégia de marketing digital: ao implementar as estratégias de CRM e a utilização de uma plataforma de acompanhamento, o processo para a captação de leads fica muito mais nítido. Com isso, é possível utilizar as informações adquiridas para descobrir quais são as estratégias que estão gerando algum tipo de conversão.
  • Redução de custos: ao utilizar sistemas mais completos de CRM, é possível cortar os gastos com TI, softwares e hardwares para o armazenamento de dados. Dica: para isso, busque opções com cloud computing.
  • Aumento da receita: quando bem executado, o CRM pode (e deve) ajudar a gerar mais receita para a empresa. Como isso acontece? A partir de um relacionamento positivo com clientes, fidelização para com a marca e, consequentemente, mais aceitação do produto no mercado.
  • Mensuração das informações: o momento em que estamos vivendo é conhecido por ser a “era dos dados”, e é preciso que as empresas entendam a importância desse fato. São os dados que mostram qual foi a trajetória do negócio, além de apontar tendências e comportamentos do usuário.

Se você quiser saber tudo sobre CRM, não deixe de ler este artigo.

Agora, se você já conhece a importância dessa estratégia, veja 6 dicas matadoras para extrair o máximo do seu CRM de vendas.

Dica 1 – Usar o CRM como solução estratégica

Algo que poucas empresas levam em consideração é a importância da comunicação. Afinal, é por meio dela que emitimos mensagens que mostram qual é o nosso core e é a partir dela também que recebemos o feedback sobre o que somos. 

Por isso, o CRM é de extrema importância para conhecer a fundo o seu cliente e conversar com ele da forma mais próxima possível! Por exemplo, não acompanhá-lo apenas durante a venda, mas também oferecer todo o auxílio possível no pós-venda e ser um tipo de “amigo”, que está ali para oferecer todo o apoio necessário.

O CRM é uma ótima oportunidade para que isso ocorra! Com as informações captadas, é possível desenvolver uma trilha de e-mails e conteúdos de acordo com o trajeto realizado pelo comprador.

Dica 2 – Usar o CRM para controlar todo o processo de vendas 

Como dito anteriormente, ao implementar um sistema de CRM é possível acompanhar toda a trajetória realizada pelo cliente. Com isso, é possível controlar todas as etapas do processo de vendas. E, assim, descobrir onde as equipe de marketing e vendas estão acertando e quais são as falhas do produto.

Por exemplo, com a gestão do relacionamento com o cliente, é possível desenvolver um funil de vendas, descobrir onde está o gargalo das conversões perdidas e consertar o erro. Além disso, essa plataforma também permite a produção de dashboards que acompanham diretamente as metas propostas.

Dica 3 – Usar o CRM para definir métricas claras de avaliação 

Com o CRM é possível acompanhar muito mais de perto qual é a visão do cliente sobre a sua marca. O que permite avaliar quais são os pontos positivos e negativos do negócio. Isso é possível devido ao trackeamento individual de cada consumidor!

Por exemplo, após a captação do lead, o setor de vendas pode começar a realizar os primeiros contatos e tudo isso estará registrado, sendo que cada contato possuirá um rastreio próprio.

Isso permite que sejam estabelecidas métricas de satisfação, seja da atuação do setor de vendas ou até mesmo do tipo de contato realizado no próprio CRM. Utilize essa ferramenta para descobrir os pontos altos e baixos da sua empresa.

Dica 4 – Usar o CRM para fazer follow-up

Independentemente do tamanho da sua empresa, a equipe de vendas é composta por seres humanos que erram. Pode ser uma ligação esquecida, um e-mail deixado de lado ou até mesmo uma reunião mal planejada, o erro deve ser previsto! 

Porém, com o auxílio de uma plataforma de CRM, tudo isso pode mudar. Ao seguir o caminho percorrido por cada cliente, é possível desenvolver um pipeline que alerte quais são as próximas etapas com cada comprador. Essa ferramenta oferecida pelos sistemas de gestão de relacionamento pode salvar diversas vendas e garantir que as conversões não sejam perdidas.

Dica 5 – Usar o CRM como ferramenta de compartilhamento de informações

Quantas vezes você recebeu diversas ligações e e-mails da mesma empresa em um curto período de tempo? Além de ser algo chato, isso pode acabar com a fidelização do seu cliente. 

Por isso, é preciso ter transparência nas informações e, caso necessário, compartilhar as ações de gestão de relacionamento de clientes com as áreas envolvidas nesse processo.

Normalmente, as plataformas de CRM possuem uma ferramenta que facilita a criação de painéis de controle que podem ser compartilhados com outras equipes, facilitando a comunicação interna e evitando que ações duplicadas aconteçam.

Dica 6 – Usar o CRM para criar conexões com clientes realmente engajados

Com o rastreamento das informações, a plataforma de CRM pode se transformar em um termômetro para descobrir quais são os clientes mais engajados e que defendem a marca.

Assim, é possível sondá-lo não apenas para concretizar a venda, mas também para mostrar a importância do mesmo para a empresa e fidelizá-lo o suficiente para que ele vire um promotor da produto. Em tempos que apenas anúncios dão resultado, o boca a boca orgânico pode ser o diferencial para o seu negócio.

Conheça também, aqui na B2B Stack, algumas opções de CRM de vendas categorizados e avaliados por clientes.