O que é automação de e-mail, as principais ferramentas e 3 dicas para aplicar essa prática na sua empresa.

0
298

Para quem pensa que o e-mail marketing está ultrapassado, saiba que esta estratégia ainda está viva e pode trazer muito sucesso, basta fazer de forma correta. 

Existem diversas maneiras de criar campanhas que irão ajudar a sua empresa a criar ou conservar o relacionamento com o cliente. Mas, para isso, é importante que não exista a perda de tempo com tarefas manuais, que não irão agregar no lado estratégico do time de marketing.

Patrocinado

Por isso, uma das categorias de software que mais vêm ganhando força é a de automação de e-mail marketing. Cada vez mais profissionais entendem a importância de deixar uma plataforma fazer o trabalho sujo.

Então, vamos entender um pouco mais deste conceito, além de dicas de como fazê-lo da forma correta, e as melhores soluções para você escolher.

O que é automação de e-mail?

Automação de e-mail

Uma automação significa utilizar de algum tipo de tecnologia para executar tarefas repetitivas, sem a perda de qualidade ou erros. Para e-mail, como o nome indica, isso quer dizer utilizar algum tipo de solução para criar parâmetros de envio automático de mensagens eletrônicas.

Considerando que a sua empresa já planejou os pontos essenciais como persona, estágio do funil de vendas e a qualificação do lead, o resto do processo de uma campanha de e-mail pode ser facilmente automatizado.

Porque fazer e os benefícios da automação de e-mails

Qualquer empresa que pretenda acompanhar as tendências do mercado deve sempre buscar maneiras de digitalizar e automatizar os seus processos. Além de simplesmente mobilizar os leads e contatos para fechar uma compra ou conhecer um serviço, a automação de marketing traz diversos benefícios. Vamos conhecer os principais:

Leads cada vez melhores

Hoje é cada vez mais comum que as equipes de marketing e vendas trabalhem juntas. Aliás, é possível dizer que se na sua empresa isso ainda não acontece, pode ter certeza que está em desvantagem. 

No caso da automação de e-mail marketing, por exemplo, o processo pode ajudar a nutrir os leads de acordo com o nível de interesse, que só serão passados adiante caso realmente demonstrem que estão prontos, o que evitará a perda de tempo da equipe de vendas com prospectos desinteressados. 

Otimização de tempo

A automação de e-mail traz como seu maior benefício a eliminação da necessidade de se executar algumas tarefas manualmente, o que resulta em um aumento considerável na produtividade dos colaboradores. Quer um exemplo?

Em uma empresa que trata com milhares de leads em sua base, e precisa fazer uma análise de perfil para cada um deles, realizar esse processo de forma natural demoraria muito tempo, se tornando inviável.

Porém, uma ferramenta de automação permite a criação de parâmetros, que aplicados a uma lista de prospectos, irá automaticamente separar os leads e segmentar o envio. Isso significa uma enorme economia de tempo por parte da equipe de marketing, que pode focar os esforços em estratégias de atração, por exemplo.

Automação de e-mail na prática

Agora que você já entendeu do que se trata, e por que usar a automação de e-mail para melhorar os processos do seu negócio, vamos trazer alguns parâmetros importantes para a parte mais importante: a execução.

Quais as principais métricas de automação de e-mail?

Além de simplesmente automatizar os envios das suas campanhas de e-mail, é importante também acompanhar os parâmetros que definem o sucesso e a eficácia do engajamento em suas ações de marketing. 

Listamos a seguir as principais delas: 

  • Taxa de abertura;
  • Taxa de entrega;
  • Quantidade de e-mails enviados;
  • Quantidade de e-mails entregues;
  • Hard bounce;
  • Soft Bounce;
  • E-mails Marcados como SPAM;
  • Taxa de Cliques no e-mail, documentos e links;
  • Descadastros.

Segmentação 

Segmentação

Uma das melhores maneiras de melhorar os resultados das métricas citadas acima é definindo o funil de vendas e a jornada de compras dos seus leads. É por meio dessas informações que você poderá escolher exatamente qual e-mail será enviado para cada cliente, de acordo com a sua qualificação e/ou interesses. 

O time de marketing pode atuar com conteúdos focados em topo de funil, a fim de nutrir esses prospectos mais ‘frios’, o que trará resultados a médio prazo.

Caso o tema do e-mail seja ‘A importância do uso do CRM X’, por exemplo, é mais interessante que esse envio seja feito para profissionais de venda, do que para um setor de RH. 

Então, é possível afirmar que quanto mais avançada e minuciosa for a sua segmentação, maior a chance de gerar resultados e atingir exatamente o público desejado. Vamos conhecer alguns parâmetros que podem ser usados:

  • Cargo ou segmento de mercado;
  • Localização da empresa ou do usuário;
  • Porte da empresa;
  • Estágio do funil;
  • Interesses.

3 dicas para começar a automatizar seus e-mails

1 – Identifique a persona

O primeiro passo para criar conteúdos que renderão engajamento no e-mail marketing é entender exatamente qual é o seu público.

Enquanto a definição do público-alvo é uma das maneiras mais comuns de se fazer esse reconhecimento, hoje, com a evolução das técnicas e estratégias, o processo mais indicado e completo é o da criação de personas.

Ou seja, perfis fictícios dos principais tipos de clientes que se interessaram por seu produto. Na criação da persona, todos os detalhes e particularidades desse possível consumidor são levados em conta, desde hobbies até hábitos. 

Patrocinado

Isso permitirá que a equipe de marketing, ou quem for se comunicar com essas pessoas, entenda exatamente qual é a melhor linguagem a ser usada.

2 – Segmente sua lista

Como explicamos anteriormente no artigo, segmentar a sua lista de e-mail aumenta muito a chance dos leads engajarem com suas propostas. Portanto, não perca tempo enviando seus conteúdos para quem não está interessado.

3 –  Escolha uma ferramenta

Agora que já entendemos as estratégias que serão colocadas em prática, falta escolher a ferramenta que irá colocar tudo isso em prática. Mas, com a grande quantidade de alternativas, muitas vezes nos vemos confusos sobre qual caminho seguir. 

Por isso, vou listar abaixo alguns critérios para te ajudar a escolher uma boa solução de automação de e-mails:

  • Avalie os limites de cada plano – É importante selecionar a plataforma que atenda suas necessidades sem problemas. Isso quer dizer também escolher um plano de acordo com os limites de leads e disparos. Afinal, ninguém quer ser limitado e precisar pagar mais ainda;
  • Integrações Certifique-se que a ferramenta poderá se integrar com outras soluções que existem no ecossistema da sua empresa. Isso irá ajudar ainda mais com a economia de tempo;
  • Indicadores – Quanto mais completa a seleção de indicadores e parâmetros, mais espaço a sua empresa terá para avaliar de forma precisa a eficácia de suas ações.

Para facilitar ainda mais a sua busca, vamos trazer a seguir as principais escolhas de soluções da categoria, baseado nas avaliações deixadas pelos usuários no portal B2B Stack.

Ferramentas de automação de e-mail

Mailchimp

Indicado principalmente para pequenas empresas, o MailChimp é uma das principais plataformas de marketing do mercado e com certeza deve estar no seu radar.

Com suas funções de CRM de marketing, segmentação, dashboard de público, previsão demográfica e personalização, a plataforma traz também a possibilidade de automatizar envios com parâmetros como abandono de carrinho e novas ofertas de produtos.

Em questão de preços, os planos do Mailchimp trazem uma grande variedade de valores e opções. Primeiramente, é importante mencionar que existe uma opção gratuita, que conta com a limitação de 2000 contatos e uma audiência.

Sobre os pacotes pagos, o mais básico se chama Essencials, e é indicado “para quem só envia e-mails e quer suporte a todo momento”. O custo inicial é de R$55/mês*. 

Patrocinado

Confira também o artigo comparando MailChimp vs GetResponse para saber mais!

GetResponse

Outra solução conhecida e muito bem avaliada em nosso portal, a GetResponse é uma completa plataforma de marketing que pretende centralizar todas as demandas da área em um só local.

O sistema oferece uma variedade de integrações e suas funcionalidades incluem e-mail marketing, automação de marketing, landing pages, webinars, e-mails transacionais, auto respostas e funis de vendas. 

Além disso, em questão de automações, além da tradicional segmentação, o GetResponse traz ainda a possibilidade de criar testes A/B e lead scoring.

Sobre preços*, com o modelo de cobrança mensal, os valores variam de acordo com a lista de contatos selecionada. Para 1000 contatos, o plano Basic traz um custo de US$15/mês enquanto o plano Profissional custa US$99/mês. 

E-goi

Patrocinado

O E-goi é uma plataforma de marketing “multicanal” completa com funções para gestão do ciclo de vendas, captação de leads e conversão de clientes. 

Para e-mail, a solução traz diversas opções de segmentação, para você conseguir personalizar os conteúdos da melhor forma possível. 

Além disso, a plataforma traz funcionalidades como a automação de posts do blog, com envio automático para a lista de contatos e remarketing para e-commerce, com novos produtos, carrinhos abandonados e mais.

Sobre os planos do E-goi*, a plataforma traz uma opção gratuita chamada Social One, que permite o agendamento de posts, e-mail marketing ilimitado, criação de landing pages, pop-ups e mais. 

Os pacotes pagos variam de R$44,99/mês no plano Base, até R$1800/mês (em contrato anual), para o plano Corporate.

*Valores checados em dezembro de 2020.

Conclusão

Possuir uma ferramenta de automação de marketing é muito indicado para qualquer tipo de negócio que lide com campanhas diariamente. 

Como ficou claro neste artigo, adotar uma plataforma dessa categoria pode resultar em uma melhora no resultado das estratégias, além da produtividade de todo o time.

Não deixe de conhecer também as principais ferramentas de marketing do mercado!