Início ERP Os melhores ERPs para e-commerce do Brasil

Os melhores ERPs para e-commerce do Brasil

0
118
ERP para e-commerce no Brasil

Não restam mais dúvidas de que o e-commerce não apenas chegou para ficar como é uma tendência promissora no Brasil. Em 2018, essa modalidade cresceu 37,5% em relação ao ano anterior e atingiu a marca de 930 mil sites dedicados ao comércio eletrônico, segundo o estudo “Perfil do E-commerce Brasileiro”, realizado pela BigData Corp e pelo PayPal.

Isso significa também que a concorrência é acirrada e que é preciso ter uma gestão muito eficiente para ser bem-sucedido nesse segmento. Segundo dados da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico, de cada 10 mil lojas online abertas, 8 mil não sobrevivem.

Por isso, contar com um bom ERP (Enterprise Resource Planning) é fundamental. Ele oferece todas as ferramentas necessárias para fazer uma gestão que é cada vez mais complexa e que conta com poucos recursos humanos, como é a situação da maioria das empresas de comércio eletrônico.

Neste artigo, apresentamos os melhores ERPs para e-commerce no Brasil e também explicamos mais um pouco sobre a importância e os benefícios que os ERPs oferecem para as lojas virtuais. Confira!

Qual a importância de um ERP para o e-commerce?

O ERP é um software de gestão empresarial capaz de automatizar diversas tarefas e integrar todas as áreas da empresa, como financeiro, administrativo, contábil, vendas, compras, estoque, recursos humanos, distribuição e logística, entre outros.

Analisando essa definição, já dá para notar que ele é o maior aliado do seu e-commerce, certo? Pelo ERP é possível controlar contas a pagar e receber, fluxo de caixa, apuração de impostos e frente de caixa.

Existem diversos ERPs voltados especificamente para e-commerce – alguns já trazem inclusive um módulo de loja virtual e integração com meios de pagamento e com marketplaces como Mercado Livre.

O uso do ERP reduz a burocracia, uma vez que todas as operações podem ser feitas de forma totalmente online – além de automatizar tarefas, como a emissão de pedidos e de notas fiscais eletrônicas, ordens de produção e de separação etc. Isso traz ganho de agilidade e reduz erros, como duplicação de pedidos.

Em resumo, o ERP traz os seguintes benefícios para o e-commerce:

  • Integração das diversas áreas;
  • Automatização de tarefas;
  • Integração com a loja virtual;
  • Menos burocracia;
  • Mais agilidade na operação;
  • Redução de erros;
  • Redução de custos;
  • Integração com meios de pagamento e marketplaces.

Por fim, vale destacar que o ERP também pode fazer a integração do varejo físico com o online, sendo capaz de gerir as duas operações. Dessa forma, é possível evitar erros, como a venda de um produto na loja virtual que já não está mais no estoque por ter sido vendido na loja física.

A utilização do ERP na gestão logística ajuda também a aumentar a precisão nos prazos de entrega. Isso tem um benefício triplo: aumenta a satisfação do cliente, colabora para a imagem positiva da sua marca no mercado e evita o cancelamento de compras.

Como o ERP ajuda na gestão de estoque de uma loja virtual?

Além de facilitar a gestão, o ERP proporciona alguns benefícios de ordem bem prática para as lojas virtuais.

O primeiro deles é justamente a possibilidade de ter um estoque integrado. Em um único sistema é possível executar todas as atividades relacionadas à gestão de estoque: 

  • Compra de mercadoria;
  • Cadastro de produto e fornecedores;
  • Gerenciamento de pedidos de compra;
  • Controle do nível de estoque;
  • Registro de entrada e saída de mercadorias;
  • Entrega do produto ao cliente.

Tudo isso é feito ainda integrando loja virtual e loja física, garantindo que a disponibilidade de recursos do seu e-commerce reflita sempre o estoque real.

Esse controle rígido e em tempo real permite, no fim, que você mantenha níveis menores de estoque e evite armazenar produtos em excesso, o que resulta na redução de custos pela qual você tanto batalha.

Por fim, o ERP gera relatórios que vão ajudar não apenas no controle do estoque como servir de apoio para a tomada de decisões na empresa. Ele é capaz, por exemplo, de fornecer o cálculo de diversos indicadores de estoque, como giro de estoque, lead time do fornecedor e nível de estoque mínimo.

Quais são os melhores ERPs para e-commerce no Brasil?

Para ajudar você na missão de escolher o software ideal, elaboramos uma lista com os 9 melhores ERPs para e-commerce no Brasil. Acompanhe!

Bling ERP

O Bling ERP é voltado para micro e pequenas empresas. Sua plataforma permite organizar a gestão do negócio com segurança, facilidade, agilidade e eficiência. São diversas ferramentas que possibilitam o controle sobre as vendas, finanças, estoque, produtos, clientes, pedidos, comissões de vendedores e muito mais.

O sistema possibilita ainda a emissão de notas fiscais eletrônicas, a geração de boletos bancários e de cobranças e de propostas comerciais. Além disso, é integrado com SIGEP Web dos Correios e com as maiores plataformas de e-commerce do país. Tudo isso em uma plataforma 100% online, que pode ser acessada de qualquer lugar.

Tiny ERP

O Tiny ERP tem uma versão voltada especialmente para e-commerces. Ele auxilia na retaguarda da rotina de um e-commerce, para que um pedido realizado seja entregue ao cliente o mais rápido possível, através de processos eficientes e padronizados, permitindo escalar a operação sem comprometer a qualidade.

Isso inclui receber pedidos, emitir lista de separação dos pedidos, realizar conferência (checkout) e imprimir etiquetas para o envio. Na expedição, cria listas de postagem para os Correios (PLP), códigos de rastreamento das encomendas e lista de coleta para transportadoras.

Apresenta também um módulo de gestão de produtos que permite fazer a manutenção do catálogo de produtos e controle de estoques sincronizado com os canais de venda. Além disso, é possível enviar os produtos cadastrados diretamente para os canais de venda.

Otix ERP

O Otix ERP também é focado em pequenas e médias empresas e já vem preparado para integrar com diversas plataformas de e-commerce, o que facilita a administração da sua loja virtual. A integração acontece com os produtos e suas variações, formas de pagamento, formas de entrega, pedidos e status dos pedidos, entre outros.

É capaz de fazer a atualização dos pedidos de forma automática, mas também permite que você importe um item específico manualmente a qualquer momento. Além das funções básicas (controle de vendas, finanças e estoque), emite notas fiscais e boletos, faz gestão de cobrança e tem PDV integrado para atender a operação de frente de loja e consolidar as informações no ERP.

Eccosys ERP

O Eccosys é voltado especialmente para e-commerces e oferece as seguintes funcionalidades: cadastro de contatos, cadastro de produtos, kits de produtos, gestão de preços, custo de produto, picking e packing, finanças, contas correntes, propostas comerciais, vendas por orçamento, gestão completa de pedidos, notas fiscais, relatórios de vendas, estoque, curvas ABC, sincronização automática e API.

Tem integração com loja virtual e permite fazer uma gestão centralizada de marketplaces. Um de seus diferenciais é justamente a ampla gama de integrações que ele possibilita, com plataformas, marketplaces, operadores logísticos, gestão de frete, transportadoras, conciliação e outros.

E-Millenium ERP

O software e-Millennium ERP Omnichannel foi totalmente pensado para facilitar as operações das empresas, garantindo maior agilidade na execução dos processos de negócio e assegurando mudanças nos cenários de negócio de forma ágil e consistente.

Um de seus diferenciais é o foco na multicanalidade. Ele permite atender o cliente em lojas físicas, televendas, por representantes e consultoras, venda itinerante, além de marketplaces e lojas virtuais. Tudo isso em uma única solução integrada.

Fenicia ERP

O Fenícia ERP é um software completo de gestão ERP para redes de lojas e atacadistas, com um módulo para e-commerce, que integra seus processos de gestão, como finanças, estoque, compras e vendas, com aplicativos para smartphone, e-commerce e BI. Também oferece atendimento a questões fiscais (SPEDs, NF-e, NFS-e e NFC-e).

Cake ERP

O Cake ERP é um sistema de gestão online de vendas, compras, estoque e financeiro, com PDV integrado e melhores práticas de mercado. Permite controlar contas a pagar e a receber, fluxo de caixa, criar pedidos, emitir notas fiscais, controlar estoque, fazer inventário, gerar etiquetas, controlar processos de compra, gerar relatórios gerenciais e fazer a integração com o e-commerce.

Um dos planos é voltado para a gestão de rede de lojas. Por ele é possível controlar todas as suas lojas em uma única plataforma em tempo real e de qualquer lugar, garantindo eficiência e centralização de todas as informações essenciais para o desenvolvimento do seu negócio.

Sige Cloud

O Sige Cloud conta com módulos para você gerenciar com facilidade todos os processos da empresa, como as finanças, o desempenho das vendas, a emissão de notas fiscais e muito mais! Oferece ferramentas de gestão, especialmente para manter todos os setores da sua empresa nos eixos.

É um ERP bastante completo, que pode ser usado offline, com app para Android e iOS e apresenta alguns diferenciais, como um módulo de gestão de contratos. Além disso, permite fazer a gestão de serviços, com integração automática com o estoque e o financeiro, bem como com o módulo fiscal para a geração de Notas Fiscais de Serviço (NFS-e).

E aí, o que achou da nossa lista de ERPs para e-commerce?

Agora você já sabe quais são os melhores ERPs para e-commerce do Brasil. Considerando os benefícios que um sistema de gestão empresarial pode trazer para o seu negócio, tem condições de escolher a solução ideal para a sua organização.

Ficou faltando algum? Comenta aí embaixo!