Entenda de uma vez por todas o que é o Product Market Fit e o que você pode fazer para atingi-lo

0
86

O product market fit é uma definição que ajuda empresas a saberem qual a importância que seu produto ou serviço tem para o seu cliente. 

Sem ele, é possível que você esteja oferecendo a coisa certa, mas para o público errado 😡

Patrocinado

Para descobrir isso, testar o mercado é essencial. Mas, para começar é preciso partir de uma hipótese. A partir dela é que será possível confirmar a relevância de um produto. 

O caminho mais seguro para medir o quanto existe de “adequação” é ouvindo o que os clientes têm a dizer. 

Parece simples, não? Mas, por que nem toda ideia genial encontra um mercado pronto para ela? Uma das explicações é que o produto pode não ser tão “vendável” como se esperava.

Então, chegou a hora de saber qual é o papel do product market fit e como definir o melhor cenário  para atingi-lo…

Só vem! 

O que é Product market fit?

Product-Market Fit: representação

O product market fit é o termo em inglês usado para definir o grau com que um produto ou serviço satisfazem uma demanda de mercado. 

De modo geral, ele pode dar informações sobre o potencial de desempenho, nível de aceitação, aderência mercadológica, fidelidade da clientela, entre outros atributos que são capazes de sustentar a hipótese de que um produto é, realmente, “vendável”.

Não ter product market fit comprovado pode ser um indicativo de que a empresa está oferecendo o produto errado para seus clientes. Ou, até mesmo, o produto certo para os clientes errados 😕

Se você quer oferecer a coisa certa, na hora certa, para o cliente certo, precisa saber como testar o product market fit e como ele te ajuda a entender a real necessidade do mercado no qual você está inserido. 

  • Entendo a taxa de rejeição de um produto ou serviço. Conheça as causas churn e lide com ele da melhor forma.

Product market fit: a sua importância 

O termo product market fit foi criado por Marc Andreessen, fundador da Netscape e investidor no Vale do Silício, região situada nos Estados Unidos (lugar onde nascem as empresas mais inovadoras da atualidade) ☺

Segundo Andreessen, três fatores decidem se uma empresa vai ou não dar certo: 

  • Produto;
  • Mercado;
  • Equipe. 

Na visão dele, a dinâmica seria essa: 

  • Se um mercado é grande ele precisa de um produto que resolva seus problemas; 
  • Se não há um mercado grande, de nada adianta uma equipe qualificada ou um produto bem feito, pois não haverá consumidores suficientes para consumí-lo.

A ideia por trás do product market fit, portanto, é medir o quanto existe de “adequação” de um produto ou serviço junto ao público que se pretende atingir. 

Parece muito fácil: mas na prática não funciona assim. 

Afinal, nem sempre quando as empresas quebram é porque tiveram uma administração financeira ineficiente. Muito do insucesso de uma companhia se dá porque ela não chegou ao ponto ideal da relação consumidor-produto.

Então, vamos entender melhor o significado do product market fit na prática?

Product market fit, como alcançar?

Product-Market Fit, como alcançar?

Alcançar o ponto ideal entre uma ideia genial e o seu potencial de venda está no entendimento das necessidades do consumidor.

Para ficar mais fácil de entender vamos ver um exemplo de empresa que conseguiu colocar esse conceito na prática.

Como achar o ponto ideal?

Se voltarmos 10 anos no tempo, você imaginaria que o serviço de táxi convencional estaria seriamente ameaçado? 

Patrocinado

Com toda certeza, sua resposta seria negativa, entretanto, a Uber trouxe uma nova forma de usar o transporte particular. 

De um modo simples, a empresa repensou a solução que existia e ofereceu uma alternativa que alia tecnologia e praticidade a preços mais convidativos. 

O resultado disso?

A Uber encontrou um product market fit ideal: um negócio com potencial de relevância muito grande para o dia a dias das pessoas.

A empresa modificou, portanto, o mercado de táxis no mundo ao apresentar um modelo super produtivo que logo caiu nas graças do grande público.

Testar sempre: o segredo do product market fit!

Se continuarmos usando a Uber como exemplo de adequação de produto x demanda de mercado, poderíamos concluir que a empresa já está com a vida ganha, não é mesmo?

Só que não! Mesmo quando o product market fit parece que já colocou a companhia no caminho certo, há sempre mais a se fazer. 

Estima-se que hoje a Uber já detenha 25% de todas as corridas por meio do aplicativo no mundo. Então, agora, a companhia tem mirado suas estratégias na conquista dos 75% restantes do mercado. 

Patrocinado

Como ela faz isso?

Uber está expandindo seu potencial de crescimento de duas formas: 

  • Ingressando no mercado de veículos autônomos; 
  • Apostando na popularização do transporte aéreo de pessoas feito por drones.

Pode parecer futurista, mas isso já está acontecendo hoje mesmo. A expectativa é que essa modalidade alcance o mesmo nível de valor das tarifas do Uber Select já nos próximos anos!

Como definir o seu product market fit

Tudo nasce de uma hipótese. A partir dela é que será possível testar a relevância de um produto. Já a validação deve ser feita com a ajuda dos seus potenciais compradores.

Patrocinado

Afinal, quem melhor para dizer se algo irá funcionar de verdade que o próprio potencial cliente?

Para facilitar o entedimento, vamos ver uma sequência de atividades que podem nortear a etapa de teste.

Passo a passo

  • Identifique necessidades de mercado que ainda não foram atendidas;
  • Encontre uma proposta de valor para o seu produto;
  • Crie um protótipo com características básicas, o chamado Minimum Viable Product (MVP) ou Produto Mínimo Viável; 
  • Obtenha o feedback de consumidores em potencial;
  • Fique atento a princípios básicos como frequência do uso do produto, dificuldades de comercialização e concorrência; 
  • Continue testando e aprimorando sempre!

 

Conclusão

Encontrar o product market fit é o primeiro passo para a criação de uma empresa que pretende obter sucesso com sua solução

Para isso, é necessário ficar atento às informações que revelam o quanto um produto ou serviço tem de potencial para atender bem ao público que se pretende atingir. 

A melhor forma de testar sua viabilidade, é obtendo feedbacks das pessoas para identificar o interesse, o nível de fidelidade que o consumidor está disposto a se comprometer e o quanto a solução é inovadora, sem margem de concorrência.

Investigar dados como frequência do uso do produto pelo cliente, a complexidade de comercialização e a ameaça que outras soluções podem oferecer ajudam a entender se há ou não um product market fit.

E aí na sua empresa? Vocês estão em fase de teste de um produto ou serviço? 

Saiba que existe uma gama de softwares que auxiliam na análise de dados gerados e, consequentemente, na definição de estratégias para uma tomada de decisão mais inteligente. 

Conheça algumas dessas ferramentas na categoria Analytics e Big Data aqui no Portal B2B Stack!