Ferramentas de Vendas: Impulsione seu negócio!

0
56

Utilizar ferramentas adequadas para o seu negócio pode impulsionar seus resultados, melhorar o desempenho da equipe e trazer diversos outros benefícios. 

Como já mencionei antes aqui, não existe o MELHOR software, e sim o mais adequado para o seu momento, e isso é óbvio, que vale também para as ferramentas de vendas.

É preciso mapear suas dores e também entender todas as funções que esses tipos de ferramentas possuem, para então avaliar qual vai se encaixar melhor para o seu modelo de negócio, o cenário em que você se encontra e também o mercado em que atua.

1001 utilidades

Por trás de sua principal função, as ferramentas de vendas possuem outras diversas funcionalidades e integrações que podem facilitar o dia a dia da sua equipe. 

Conheça algumas das principais:

  • Gestão de Processos: Presente em todas as ferramentas de vendas mais completas, a gestão de processos visa equilibrar o desempenho e otimizar resultados.

É fundamental para as operações de quase todas as organizações, pois permitem que todas as partes do negócio funcionem de forma eficiente, em conjunto e em direção ao objetivo comum.

O gerenciamento de negócios pode a princípio parecer algo desafiador, uma vez que você possui a visibilidade de todos os processos comerciais que acontecem na empresa.

E realmente, se mal direcionado, pode trazer algumas complicações. Mas a contratação da ferramenta de vendas adequada para o seu negócio, levará você até o sucesso. 

  • Gestão de prazos: Ao contrário do que se possa parecer, gerir prazos não basta apenas estipular datas para tarefas e cobrar a equipe para que sejam cumpridos. 

A verdadeira gestão de prazos consiste em implementar metodologias e processos para que as entregas passem a ser feitas cada vez mais dentro dos prazos estipulados, sem perda de qualidade.

As ferramentas de vendas que possuem esta funcionalidade, auxiliam na redução de atrasos nas tarefas, no aumento da cooperação em equipe, na clareza e entendimento das atividades e consequentemente na melhora dos resultados como um todo.

  • Funil de Vendas: Resumidamente, o modelo estratégico que ilustra a trajetória do cliente até de fato efetuar a compra de um produto ou serviço.

Esta é uma função nativa de todas as ferramentas de vendas, imprescindível para identificar cada parte do processo, desde a tomada de consciência até o fechamento da venda. 

Acompanhar, organizar e gerenciar as negociações, fazendo um estudo da evolução das oportunidades de negócios. Com todos esses dados você poderá direcionar de forma mais eficaz os esforços de venda e os investimentos em comunicação e marketing.

  • Gestão de Equipes:  Auxilia na preparação dos colaboradores para atingir os melhores resultados possíveis. 

A gestão de equipes também está presente dentro de algumas ferramentas de vendas, trata-se de outra parcela super importante deste processo. Escolher o melhor líder, motivar equipes, identificar o melhor profissional para cada função, são algumas de suas funcionalidades.

Funcionários motivados e alinhados a cumprirem suas funções, produzem mais e melhor.

  • Financeiro: Algumas ferramentas de vendas mais completas possuem o gerenciamento de toda parte financeira também. 

Gerenciamento e emissão de boletos, controle de custos e orçamentos e emissão de relatórios. A importância de manter esta função dentro da ferramenta de vendas mesmo que seja através de uma integração, é a facilidade de ter todos os dados relevantes da empresa sempre à vista.

Por conta da quantidade de ferramentas de vendas disponíveis no mercado hoje, existem ainda outras diversas funcionalidades que podem ser exploradas, como:

  • Rotinas de atendimento;
  • Ligações roteirizadas;
  • Cadência de emails;
  • Help Desk;
  • Assinatura de documentos.

Métricas de Vendas

Matematicamente falando, podemos dizer que a “arte de vender” é quase que exata quando falamos de resultados: Quanto mais emails você manda, quanto mais ligações fizer e quanto mais atividades conseguir lidar, mais você vai vender.

Apesar de parecerem resultados meio óbvios, chegar neles não é tanto assim. É preciso mapear diversos fatores para que seu ciclo de vendas seja eficaz e que durante o processo mencionado acima, nada se perca.

As métricas também permitirão que você calcule projeções de vendas realistas como parte de seu planejamento de negócio.

Alguns vendedores são mais articulados em ligações, outros lidam melhor com 150 emails enviados e cumprem apenas três tarefas diárias, porém com excelência. Neste caso, por exemplo, sabemos que se lhe for delegado mais tarefas, pode ser que seu desempenho em executá-las seja extremamente inferior.

Uma forma de manter o controle sobre esses desempenhos e consequentemente do aumento ou diminuição da taxa de conversão de seu vendedor, é ficar de olho em algumas métricas, como a taxa de fechamento, conversão e o tempo.

Na taxa de fechamento, levaremos em consideração alguns fatores que já foram mencionado acima, como a quantidade de contatos que são feitas em um dia e quantas vendas são fechadas a partir deles.

Uma taxa de fechamento baixa pode significar falta de competitividade no mercado, ou seja, suas propostas não estão de acordo com o mercado ou é preciso trabalhar melhor a relevância de seu produto/serviço. Ou simplesmente sua equipe de vendas pode precisar de um novo treinamento.

Na taxa de conversão vamos lidar com valores. Neste caso devemos levar em consideração os valores que entram na empresa a cada fechamento e com essas métricas em mãos, traçar estratégias para aumentar o valor de cada venda e ajudá-lo a manter certa previsibilidade na receita.

O tempo em que tudo isso ocorre não só é importante para o cliente e sua tomada de decisão como mencionei no primeiro item (agilidade) como também para a empresa.

Ao final de todos esses resultados, proporcionar uma comparação entre o que foi previsto e o que foi realizado, é o que vai definir o quão dentro ou fora sua empresa está em taxas de conversão se comparada a outras empresas similares.

Mês das Vendas B2B Stack

E por estarmos na semana da categoria de vendas no B2B Stack, vou comentar aqui algumas das principais ferramentas do mercado e as mais bem avaliadas em nosso portal.

A ferramenta destaque do mês é a Salesforce Sales Cloud – e o seu destaque é devido a quantidade de funcionalidades que possui aliado a sua fácil usabilidade. Um CRM completo, considerado nº do mundo. A solução automatiza tarefas, integra e apoia a gestão das áreas de vendas, marketing e atendimento ao cliente.

“ O CRM combina processos de negócios, pessoas e tecnologias para atingir uma meta única: captar e manter clientes. Trata-se de uma estratégia global que ajuda você a conhecer melhor o comportamento deles com o objetivo de criar laços mais fortes e duradouros, que beneficiarão as duas partes ao mesmo tempo. É muito difícil administrar uma empresa bem-sucedida se você não tiver um foco importante em CRM, não incluir elementos de mídias sociais e não fazer a transição para uma empresa social a fim de arrumar novas maneiras de interagir com os clientes.

Um sistema de CRM bem-sucedido envolve muitas áreas distintas de sua empresa, começando por vendas e ampliando para todas as áreas de interação com o cliente, como marketing e atendimento ao cliente. A Salesforce oferece uma solução de tecnologia para todas essas áreas e muito mais. Com a Salesforce e nossa plataforma de computação na nuvem Force.com, você pode cuidar dos clientes e do seu orçamento ao mesmo tempo. Tudo pronto e funcionando em 30 dias com a solução de CRM mais comprovada do mundo.” (https://www.salesforce.com/br/)

Acesse aqui e saiba o que os usuários do Sales Cloud acham da ferramenta. 

Seguindo pelo nosso Quadrante B2B de vendas, temos outros grandes players com ferramentas robustas para gestão de vendas de pequenas, médias e grandes empresas. 

 

RD Station CRM: Líder no quadrante de vendas no B2B Stack, possui funcionalidades completas para o controle de seu processo comercial. 

Pipedrive: CRM projetado para ajudar pequenas equipes de vendas a gerenciar processos de vendas complexos e longos. 

Exact Sales: Software para times de pré-vendas que consegue padronizar rotinas de atendimento (ligações roteirizadas, cadência de emails…), conduzindo para extração de dados ricos e posteriores análises automatizadas.

Ramper: Software de automação de prospecção de vendas que ajuda empresas B2B a gerarem mais leads outbound com menos tempo dos vendedores dedicado ao trabalho de prospecção.

É possível montar seu stack de vendas acessando uma única plataforma!

Confira abaixo alguns softwares direcionados para diferentes cenários de vendas: Inbound, Outbound, Avançado e Enterprise.

Com tudo isso, te convido a ler um super artigo escrito pelo Júlio Paulilo, CMO do Agendor, onde ele fala sobre o papel do vendedor na era da transformação digital e 6 das principais atividades de um vendedor moderno.

Leia aqui o artigo completo.

Acesse nosso portal e confira mais de 100 ferramentas que vão te auxiliar na gestão de vendas de seu negócio.

Já utilizou alguma delas? Então compartilhe sua opinião, contribua com usuários que assim como você buscam pela melhor solução para o momento da sua empresa.

E se ainda tiver alguma dúvida sobre qual ferramenta melhor se enquadra no seu cenário, preencha nosso formulário de Transformação Digital em Vendas e receba um diagnóstico personalizado de nossos consultores para o seu negócio!