Cobrança recorrente: como otimizar as vendas com assinaturas

0
218

A cobrança recorrente tem demonstrado ser uma tendência bastante promissora para negócios aumentarem suas vendas e garantirem estabilidade na receita.

Conforme relatório produzido pela Research And Markets, o mercado de gestão de pagamentos recorrentes global foi estimado em US$ 5.122,88 em 2020 e deve atingir US$ 5.941,43 em 2021.

Patrocinado

Mais estimativas demonstram que com a taxa de crescimento de 16,02% praticada, até 2025 o valor do mercado pode chegar a US$ 10.772,14.

Para que este modelo de recorrência de assinaturas funcione, é preciso compreender quem pode utilizá-lo, como cobrar os clientes, e sobretudo, como gerenciar estes pagamentos online para que não ocorram inadimplências.

Portanto, acompanhe os próximos tópicos para saber como implementar as cobranças recorrentes em seu negócio e como os sistemas de gestão de assinaturas são fundamentais neste processo.

Quer ir para algum tópico específico? É só clicar aqui em baixo 👇

O que é cobrança recorrente?

Cobrança recorrente é um método de cobrar clientes de forma contínua e automática, em períodos pré-determinados, como por exemplo mensal, semestral ou anualmente.

Podemos exemplificar as cobranças recorrentes com os serviços de streaming, como a Netflix, Amazon Prime Video e Spotify, e outros serviços como planos de academias e cursos ou ainda assinaturas de revistas e jornais.

Também existem os clubes de assinaturas nesta modalidade. São empresas que vendem e entregam produtos ou serviços periodicamente a partir das assinaturas recorrentes de seus usuários.

Neste modelo de cobrança, você firma um contrato com o cliente por determinado período e estabelece tanto os serviços que serão disponibilizados à ele quanto o valor desta contratação.

Suponhamos que você venda planos de cursos mensais, semestrais ou anuais, e um dos contratos firmados seja semestral.

Neste caso, mensalmente durante 6 meses seu cliente é cobrado de "X" valor para usufruir dos serviços.

E no caso de contratos anuais, o cliente paga "X" valor mensalmente durante 12 meses..

Ao finalizar o período contratado, a renovação da assinatura do cliente poderá ser feita automaticamente, e deve-se levar em consideração reajustes em índices, como o IGP-M (Índice Geral de Preços do Mercado), por exemplo, em casos de assinaturas anuais.

Outro destaque é as cobranças são realizadas sem debitar o valor total do cartão de crédito, ou seja, se você contratou um clube de assinatura por 6 meses e o valor da assinatura é de 100 reais, o valor de 600 reais não é retido do cartão no momento da compra. Os 100 reais são descontados a cada mês, não os 600 divididos em 6x.

Tudo isso deve ser informado explicitamente ao cliente no ato da contratação, bem como a existência de uma política de multas em casos de cancelamentos de assinatura antecipados.

E pagamento recorrente, o que é?

O pagamento recorrente, portanto, se trata da forma como o cliente realiza os pagamentos dos serviços obtidos, sempre de maneira contínua e automática por determinado tempo.

Porém, o pagamento recorrente não tem relação com parcelamento.

A diferença entre o pagamento recorrente e o parcelamento destes serviços adquiridos, se dá, por exemplo, pelo fato de que a recorrência não faz uso do limite total do cartão de crédito do cliente, enquanto o parcelamento faz. Isso acontece porque o sistema de recorrência é uma automação que lança cobranças na fatura do cartão a cada período, e não a simples divisão de uma compra única.

Vamos exemplificar:

Seu cliente opta por fazer um contrato de assinatura semestral em seu negócio. Portanto, ele pagará o valor de R$ 300 a cada 6 meses. O valor pago ao final desse ciclo será de R$1.800.

Se ele finalizar essa transação por cartão de crédito, esses R$ 1.800 não prenderão o limite do cartão dele de uma única vez, apenas R$300 a cada mês.

Diferente do parcelamento, ao qual mesmo que a parcela fosse de R$300/mês, o limite do cliente teria uma redução inicial de R$ 1.800 até que a última parcela fosse cobrada e paga.

Como receber esses pagamentos recorrentes?

Geralmente, os pagamentos recorrentes são realizados de forma online, ou seja, as transações são concluídas dentro do próprio site, e-commerce ou até por dentro das redes sociais, através de integração com plataformas de pagamento especializadas em pagamentos recorrentes, ou por links de pagamento gerados também nestas plataformas.

Com a intenção de aumentar as vendas com o modelo de cobrança recorrente, mas sem perder dinheiro com inadimplências, a estratégia ideal para receber pagamentos recorrentes é disponibilizar meios de pagamento diversificados aos clientes..

Desta forma, você permite que eles escolham, entre muitas opções, qual é a mais adequada conforme as necessidades deles, reduzindo as chances de que eles não consigam realizar os pagamentos por algum motivo relacionado às preferências.

Entre os meios de pagamento que podem ser disponibilizados nas cobranças recorrentes estão:

  • Cartão de crédito das principais bandeiras;
  • Boleto bancário;
  • Transferência bancária;
  • Débito online;
  • Débito automático em conta;
  • Pix.

Como funciona a cobrança recorrente?

O mercado de cobrança recorrente vem ganhando força no Brasil, principalmente com a chegada da pandemia de COVID-19.

Conforme dados divulgados pela CNN, os clubes de assinatura no Brasil movimentaram mais de 1 bilhão de reais em 2020, e só no primeiro trimestre de 2021, o mercado cresceu 32% quando comparado ao mesmo período do ano anterior.

Ainda segundo a pesquisa, os clubes de assinatura que tiveram maior relevância para o público neste período foram os de livros.

Porém, o modelo de cobrança recorrente presente em clubes de assinatura pode funcionar em diversos segmentos, por exemplo:

  • Em farmácias, para vendas e entregas periódicas de remédios de uso contínuo;
  • Em varejos de cosméticos, roupas, alimentos, bebidas, de produtos de higiene, entre outros, na qual os consumidores podem assinar pacotes para receberem kits de produtos em determinados períodos, de acordo com seu perfil;
  • Em clínicas veterinárias e pet shops, onde podem ser disponibilizados pacotes periódicos de banho e tosa, por exemplo, e oferecer vantagens em consultas ou em kits específicos para cães e gatos.
  • Em escolas, universidades e plataformas de educação à distância, na qual os alunos podem assinar planos para obter acesso vitalício ou por determinados períodos a cursos, materiais e conteúdos pré-definidos.

Vale ressaltar que, ao adotar o modelo de cobrança recorrente, seu negócio não precisa necessariamente trabalhar exclusivamente com este modelo de vendas.

A recorrência vem da identificação de oportunidades de oferta e demanda, ou seja, quando você tem produtos que saem em grande escala e frequentemente, vale a pena criar estratégias para verificar a viabilidade de implementar essa estratégia.

O crescimento das plataformas SaaS (Software as a Service), ou seja, empresas que disponibilizam sistemas, aplicativos ou serviços em nuvem através de assinaturas periódicas dos clientes, e que cuidam de todo o onboarding do usuário, também contribuíram com o sucesso e visibilidade das cobranças recorrentes.

Em 2021, o mercado SaaS pode chegar a movimentar 145 bilhões de dólares, conforme estimativas da plataforma Statista.

Empresas como a Netflix são exemplos disso.

Através de sua plataforma SaaS, que pode ser acessada de qualquer dispositivo com internet, os usuários podem assistir a uma gama de filmes com pagamento descontado automaticamente de sua conta corrente ou cartão de crédito.

Quais as vantagens das cobranças recorrentes?

O modelo de cobrança recorrente traz benefícios tanto para os clientes quanto para os negócios que adotam o modelo.

É uma forma de expandir o seu alcance de público, além de se diferenciar de outras empresas que possam ser suas concorrentes diretas nas vendas tradicionais, pois o pagamento automatizado adiciona uma camada extra de praticidade, conveniência e comodidade ao cliente.

Veja mais detalhes sobre as vantagens das assinaturas recorrentes abaixo.

Para clientes

Geralmente, os contratos recorrentes assinados por um período maior, como no caso dos anuais, oferecem mais benefícios aos clientes em relação aos de menor período, como os mensais.

Entre esses benefícios estão porcentagens de descontos no valor total do plano ou alguma funcionalidade específica, como suporte dedicado e possibilidade de personalizar um ou outro serviço

Patrocinado

E quem não gosta de descontos ou recursos adicionais, não é mesmo?

Além disso, os clientes ganham mais autonomia e praticidade na hora de acessar e usufruir do que eles têm direito.

Também não exige um controle muito rígido por parte do cliente já que as cobranças são, em sua maioria, automáticas.

Ainda assim, os pagamentos recorrentes permitem que os clientes saibam exatamente quanto vão gastar com determinado serviço, evitando que eles extrapolem seus gastos.

Porém, nem todos os clientes possuem cartão de crédito, certo? Mas, nem por isso eles devem ser impedidos de adquirirem seus produtos ou serviços.

Para que todos os tipos de clientes sejam beneficiados, a cobrança recorrente pode e deve abranger o máximo de formas de pagamento possíveis.

Para empresas

Para começar a falar sobre os benefícios da cobrança recorrente para o seu negócio é necessário compreender que ao obterem as vantagens citadas no tópico anterior, os clientes tendem a ficar mais engajados com seu negócio e se manterem fiéis à sua plataforma.

Você consegue ter mais controle de quem está entrando e de quem está saindo do seu negócio, e assim, fomenta estratégias para beneficiar os clientes fiéis, bem como aumenta as chances de retenção daqueles que querem cancelar.

A previsibilidade da receita é outra vantagem da cobrança recorrente. Mesmo que você venda produtos ou serviços avulsos, as assinaturas recorrentes permitem que você tenha uma visão de quais são os recebimentos fixos do seu negócio.

Com isso, é possível estabelecer uma margem segura de valores para o caso de cancelamentos ou baixas nas vendas.

Por que usar um sistema de cobrança recorrente?

Nem sempre será fácil administrar recorrências, ainda mais quando você começa a expandir seus negócios e atrair mais pessoas.

Antes de implementar a recorrência, é preciso ter planos muito bem estruturados e gerenciar de forma muito assertiva esses pagamentos para que a estratégia não se vire contra você e se torne motivo de inadimplências e dores de cabeça.

Para isso existem os sistemas de cobrança recorrente.

Eles são responsáveis por eliminar processos e atualizações manuais, responsáveis por grande parte das falhas na gestão desses pagamentos.

Além disso, se o motivo pelo qual você quer implantar as cobranças recorrentes é fidelizar clientes e os manter por um período duradouro em seu negócio, é inadmissível que ocorram erros, ainda mais se forem evitáveis..

Já imaginou o transtorno ao cobrar valores de um cliente que não foram acordados ou enviar mensagens de cobranças para clientes que já efetuaram o pagamento da sua assinatura?

Patrocinado

Estes sistemas, portanto, são essenciais para garantir que os pagamentos sejam realizados corretamente, além de fornecerem segurança contra fraudes nas transações e um acompanhamento eficiente sobre as recorrências e fluxos financeiros do seu negócio.

Através destes sistemas também é possível gerenciar e centralizar os diversos meios de pagamento que serão disponibilizados aos clientes.

Visto isso, vamos à dica de uma das plataformas de gestão de assinaturas com maior relevância no mercado: a Iugu.

Dica B2B Stack: Como fazer cobranças recorrentes com a iugu?

Nada adianta escolher um sistema de gestão de assinaturas se ele não é capaz de acompanhar o crescimento da sua base de clientes e, por consequência, dos pagamentos recorrentes.

Por isso, é de suma importância que este software contenha desde funcionalidades para automação de processos até a integração de meios de pagamento, gestão de movimentações financeiras, e que ainda forneça relatórios essenciais para tomadas de decisão.

A iugu é uma empresa com mais de 9 anos de experiência que desenvolve ferramentas para simplificar e automatizar os processos de gestão de cobranças recorrentes.

Dê uma olhada abaixo em como a iugu pode fazer a diferença em seu negócio.

Cobranças Recorrentes

Através do módulo iugu de cobranças recorrentes, você consegue criar seus próprios planos de assinaturas, estabelecer regras para cobrança de juros, multas, inserir descontos e outros parâmetros, e receber pagamentos por cartão de crédito, Pix e boleto.

Seus planos criados podem oferecer testes grátis, um grande diferencial neste modelo de recorrência, permitir cobranças semanais, mensais ou anuais, além de conseguir flexibilizá-los para que os clientes façam downgrades ou upgrades quando precisarem.

Patrocinado

É possível criar diversas automações para gestão das assinaturas, como por exemplo, para o envio de avisos e notificações quando uma fatura estiver próxima do vencimento ou atrasada.

E se você já utiliza outros sistemas de gestão no seu negócio com API aberta, eles podem ser integrados às ferramentas iugu para obter sincronicidade nos dados e mais assertividade nas análises.

iugu Cobrança

Este módulo permite que você integre múltiplos meios de pagamento aos seus planos de assinatura para cobrar seus clientes, que por sua vez, poderão favoritar e gravar seus métodos de pagamento preferidos, facilitando a renovação dos seus contratos.

Além disso, as transações de pagamento em sua plataforma podem ser realizadas através de checkout transparente, que não redireciona o cliente para outras páginas para finalizar o processo.

Sempre que um pagamento for realizado você pode receber notificações para tomar o cuidado de não cobrar o mesmo cliente várias vezes.

Os valores recebidos através da iugu podem ser transferidos diretamente para sua conta bancária e você terá uma visão completa de quem são os contratos pagos, à vencer e em atraso, conseguindo conciliar estes pagamentos, ou a falta deles, com seu fluxo de caixa.

Split de Pagamentos

Para que você tenha um controle ainda maior sobre seus pagamentos e recebimentos, a iugu também disponibiliza a ferramenta de split de pagamentos, que facilita a repartição de comissionamentos para vendedores e parceiros de negócio, ideal para marketplaces ou para negócios que possuem filiais, por exemplo.

As regras de comissionamento podem ser criadas conforme o acordado entre as partes e automatizadas para que o próprio sistema faça essa distribuição, evitando falhas operacionais e de cálculos, bitributação e ganhando agilidade nas transferências de valores.

Se você gostou da iugu, saiba que ainda tem muitas outras funcionalidades que você pode obter com um bom custo/benefício, a partir de R$ 49/mês.

Cabe entrar em contato com os especialistas para obter mais detalhes e descobrir qual o plano mais adequado para suas necessidades.

Clicando aqui, você pode conhecer mais sobre a iugu e obter um guia completo sobre cobranças e pagamentos recorrentes! Não deixe de conferir!

Conclusão

Como vimos, a cobrança recorrente trata-se de uma forma de cobrar clientes continuamente e automaticamente por um período acordado entre as partes, conforme os produtos e serviços a serem disponibilizados.

É uma estratégia que pode auxiliar negócios a expandirem seu alcance e diferenciarem seu modelo de vendas dos concorrentes, além de oferecer inúmeros benefícios tanto para as empresas quanto para os clientes.

Por outro lado, a má gestão das assinaturas recorrentes pode acarretar em prejuízos financeiros para o negócio e transtornos para os clientes.

Por isso, os softwares de gestão de assinaturas são indispensáveis para controlar inadimplências, gerenciar meios de pagamento e não falhar na hora de cobrar de clientes, tanto para mais quanto para menos..

A iugu, portanto, é uma plataforma que disponibiliza ferramentas para automação destes processos, incluindo entre diversos recursos, a gestão de contratos recorrentes, checkout transparente, emissão e envio de boletos e customização da sua régua de cobranças conforme suas próprias regras.

Já utiliza a iugu ou outro software no seu dia a dia? Deixe sua avaliação no portal B2B Stack, maior portal de busca e avaliação de softwares da América Latina!