Como usar dados no setor imobiliário

0
190
Capa palestra Felipe Serrano

Em palestra para o B2B Imobi Conference, Felipe Serrano, COO e gerente de tecnologias na Assertiva Soluções, ressaltou a importância do uso de dados no setor imobiliário, reforçando o potencial de arrecadação e uso de informações para maior assertividade no atendimento.

Em um mundo cada vez mais digital, empresas de todos os ramos têm dado muito valor ao uso de dados em diversas de suas atuações, possibilitando uma assertividade maior em todos os seus processos. No mercado imobiliário isso não é diferente e os grandes nomes do setor já usam o chamado Big Data para otimizar suas operações.

Esse foi o assunto discutido por Felipe Serrano, COO e gerente de tecnologias na Assertiva, no maior evento sobre transformação digital no setor imobiliário da América Latina, o B2B Imobi Conference.

Serrano trouxe sua visão sobre o que muitas vezes é a parte mais difícil do processo – começar a usar e coletar os dados, identificando o mercado imobiliário com um grande potencial de coleta de informações.

“O Big Data começa de dentro pra fora no seu negócio. Você começa a trilhar isso com o acúmulo de informações de uma forma estruturada. Uma imobiliária tem muitos dados e oportunidades de explorar isso, mas ela não precisa iniciar o processo como uma empresa de Big Data. Quando vemos esse tipo de mercado como mais do que uma venda de espaço, percebemos que existe um fluxo constante de informações que, se catalogadas em sistemas, em planilhas, a imobiliária pode começar o processo de Big Data”, explicou.

Assista a palestra na íntegra abaixo.

A busca pelo profissional ideal para a função

Serrano também deu dicas de como uma empresa do setor pode iniciar a busca pelo profissional que irá manusear esses dados, enfatizando a importância de um equilíbrio e até um segundo profissional para tirar o máximo dessas informações.

“Todos pensam que para começar você precisa de um cientista de dados, de algo gigante. Na verdade, tudo começa com um primeiro passo: encontrar alguém que goste de manipular, filtrar e selecionar dados.”

“Essa pessoa precisa entender de Excel e ser uma pessoa analítica. Além disso, uma segunda pessoa é muito importante, a de negócio. É aquela que vai fazer as perguntas para os dados e então, tirar insights úteis”, adicionou.

Serrano ainda foi adiante, mencionando a importância de entender o uso desses dados para garantir uma melhora e direcionamento no atendimento. “A imobiliária tem dois clientes – o proprietário e o locatário (ou o comprador). Quando falamos de levantar dados, é sobre conhecer os dois. Para o proprietário, muitas vezes o link com a sua imobiliária é a proximidade, ou o preço do imóvel. É importante entender o perfil do cliente para segmentar o atendimento.”

Guia da imobiliária digital e software imobiliário

Conheça também o nosso guia da imobiliária digital, um passo a passo completo para realização da transformação no seu negócio. E, caso precise da ferramenta ideal para otimizar a sua rotina e de seus funcionários, encontre em nosso portal milhares de opções de software imobiliário que cabem exatamente a sua necessidade.

Imobi Conference discute setor imobiliário

Esse bate-papo aconteceu no B2B Imobi Conference, o maior evento online sobre transformação digital no setor imobiliário da América Latina. Foram mais de 20 horas de conteúdo trazidos pelos maiores nomes da área, abordando diversos assuntos como digitalização, marketing digital, big data e muito mais.