A importância da transformação digital para o setor de RH

0
384

Essa semana batemos um papo com o Raphael Dyxklay, CEO da Talentbrand, empresa que atua no ramo de recrutamento e seleção e falamos sobre as principais fases do processo de transformação digital para empresas de portes variados, das que já possuem um setor de RH, às que ainda estão entendendo a importância de uma equipe de gestão de pessoas.

Um panorama do cenário de transformação digital na área de RH.

“Através de uma pesquisa feita com 1.600 empresas do mercado brasileiro, pudemos notar dores imensas no setor, que impactam diretamente em outras áreas do negócio e que ao mesmo tempo, olha muito pouco para a tecnologia”, afirma Raphael.

De acordo com o CEO da Talentbrand, “o último ano foi um divisor de águas, onde os RH’s estão procurando por mais tecnologia e até em empresas grandes que já possuem o setor, sentem essa necessidade. As áreas de negócios da empresa estão sentindo o impacto disso, e o paradigma de que ‘setor de RH não tem budget’ está mudando!”

Clique na imagem e assista o vídeo na íntegra em nosso canal no Youtube!

Quais são os principais desafios no RH para essas empresas que estão entrando nesse processo de transformação digital?

Segundo Dyxclay, “olhando para empresas maiores, nota-se que o RH é por muitas vezes uma área subvalorizada, com responsabilidades mal divididas e com uma ausência de métricas gigantesca. Enquanto as pequenas e médias empresas possuem um pensamento de que, por se tratarem de empresas menores, não necessitam de um setor específico de RH, fazendo com que improvisem alguns serviços e tenham custos altíssimos.

Podemos dizer que os principais desafios são estes: A valorização desta área que ainda é pequena, a questão de métricas, de olhar para isto de forma mais data driven e também a questão de falta de clareza em relação a como que as responsabilidades se dividem e como são as boas práticas da área, e o que realmente funciona.”

Só a tecnologia não adianta. Assim como vemos em marketing e vendas, por exemplo, é necessário iniciar com metodologias e práticas para então fazer a tecnologia trabalhar em função disso.

Empresas que já estão em um estágio avançado de transformação digital.

“Hoje existem coisas fantásticas sendo feitas em RH, se olharmos por exemplo para o time da Stone, eles têm um trabalho de métricas no recrutamento que chega a gerar até mesmo previsibilidade em relação ao desempenho daquelas pessoas que estão sendo contratadas, e este está sendo um exemplo bem interessante ultimamente. E hoje,  batemos muito na tecla de que você não precisa ser um a Ambev ou o Google, existe como você olhar para área e fazer um trabalho excelente sem ter um programa de trainee caríssimo, sem ter uma tecnologia com previsões super apuradas. É uma área que você precisa sair do step zero o mais rápido possível, inclusive 80% dos resultados vão acontecer nesse momento.” Conclui, Rafael.

É importante ter alguns cases como exemplos porém é mais importante ainda saber como começamos!

Conheça mais da Talentbrand. Acesse a página no B2B Stack e saiba a opinião de seus próprios usuários e as soluções que o software apresenta para automatizar de ponta a ponta o processo de recrutamento de seleção das empresas.