Tendências de SaaS no Brasil – Resumo SaaStock

0
349

Software como Serviço

Para começar, indico aqui um artigo do nosso blog, onde falo um pouco do que é um SaaS e o que deve levar em consideração na hora de escolher um para o seu negócio. Neste artigo vemos como estas soluções cresceram e conquistaram outras fatias de mercado, principalmente nos últimos 2 anos.

A grande diversidade de softwares,a facilidade de implementação e os custos relativamente baixos têm despertado interesses em nichos que até pouco tempo atrás eram resistentes à transformação digital, como a indústria e seguros, por exemplo. Surgindo assim a necessidade da eficiência, onde vendedores precisam trazer mais resultados, gestores focarem em suas equipes e toda essa transformação ser acompanhada por softwares que automatizam diversos processos repetitivos, faz com que a procura por um SaaS cresça cada vez mais.

O que esperar daqui para frente

O ano de 2019 está projetado para gerar expansões massivas de receita na indústria de SaaS. À medida que novos produtos entram no mercado a uma taxa crescente e a adoção do modelo aumenta, as perspectivas para B2B e B2C crescem cada vez mais positivas.

Estivemos com nosso stand no SaaStock deste ano e participei também do SaaSociety junto com os principais líderes de SaaS no Brasil, e trocamos várias idéias sobre tendências e expectativas para um futuro próximo.

Modelos de pagamentos baseados em transações

A maioria das empresas de SaaS operam suas formas de pagamento como uma assinatura, através de taxas mensais ou anuais, e devido ao surgimento de tantas novas empresas em variados formatos, o modelo de pagamento pay-per-use (PPU) talvez seja uma nova forma a ser adicionada para oferecer maior flexibilidade, já prevendo que a introdução de novos recursos e funcionalidades fará com que o aumento de preços seja um dos focos importantes de toda essa evolução, assim como fez a Netflix este ano, anunciando o aumento de sua assinatura para todos os usuários.

Outra questão que permanecerá como prioridade é o desenvolvimento de SaaS para dispositivos móveis, as empresas terão de criar e melhorar continuamente as versões para mobile de suas ferramentas e serviços.

Whatsapp cada vez mais presente nos SaaS

Notamos esse canal cada vez mais presente no dia a dia do brasileiro, não só para assuntos pessoais, mas também em interações de trabalho, diferentes de outras regiões do mundo como Europa e EUA.  Percebemos então os SaaS se adaptando cada vez mais a essa realidade, com integrações com o whatsapp em seus produtos. Ferramentas de prospecção, vendas, atendimento, helpdesk entre outras, cada vez mais integradas com a ferramenta. Um ponto até engraçado foi como nossos parceiros ingleses do SaaStock se surpreenderam com a quantidade de mensagens (escritas e de voz – ou como eles chamam…podcasts!) que recebemos pelo Whatsapp aqui no Brasil. Ao que tudo indica, o Whatsapp deve seguir (pelo menos por 2019) bastante presente no dia-a-dia do brasileiro, e cada vez mais integrado na comunicação dos SaaS.

Enterprise crescendo adoção em SaaS

Quando se trata de entrar na onda dos SaaS, vimos early adopter surgindo uns anos atrás – startups, agências, empresas com uma cultura já no digital. Eventualmente pequenas e médias empresas foram entrando também nessa “onda”, contratando seus CRMs, ferramentas de vendas, RH, marketing, finanças, dentre outros cada vez mais no formato SaaS.  Agora passamos a ver cada vez mais abertura no enterprise. Isso ainda não significa que o caminho para o SaaS entrar no enterprise é necessariamente fácil. Dependendo da cultura, hierarquia, e maturidade digital da empresa, os SaaS ainda precisam conseguir “navegar” pelos departamentos de TI com seu compliance, integrar com softwares proprietários, convencer alguns líderes da segurança dos dados, dentre outros desafios.

Mas vemos o aumento da adoção, ainda sim, do enterprise em ferramentas SaaS. Chega um momento que empresas de maior porte percebem como passam a ficar pra trás quando não investem em um SaaS de big data para prospecção de novos clientes, ou até mesmo montar uma célula comercial independente com um CRM mais simples, SaaS de HCM para seu recrutamento e RH, SaaS para automatizar seu marketing (ou em muitos casos, iniciar o marketing digital), dentre uma série de outros benefícios. A barreira cultural está sendo ultrapassada no enterprise, os SaaS estão conseguindo evoluir com maior robustez para garantir a entrega, o que aumenta bastante a presença (e volume de $) dos SaaS no Brasil.

Os “gringos” olhando mais para o Brasil

Conversando com vários parceiros no SaaStock, percebemos também que os “gringos” do SaaS passam a investir mais em expandir sua presença no Brasil. Desde empresas de marcas gigantes como Oracle, expandindo NetSuite no Brasil, big players indianos como Zoho e Freshworks com suas suites de soluções em SaaS (CRM, helpdesk, caller, dentre outros) e até soluções mais específicas como o Influitive – focada em Marketing de Defensores. Todos esses expandindo sua presença no Brasil, alguns com escritório próprio, outros criando sua rede de parceiros (resellers). Troquei uma ideia com o Andrés da Cliengo, uma ferramenta de chatbot argentina para PMEs, que dominou o mercado dos “falantes de espanhol”, e agora o próximo território de expansão para eles é o Brasil. Isso nos mostra que essas empresas já percebem não só o tamanho do mercado no Brasil, mas a abertura cada vez maior que o brasileiro possui para soluções em SaaS conforme passam por transformação digital em suas empresas.

Unicórnio SaaS B2B

Espera-se que em breve (posso chutar que nos próximos 2 anos), algum SaaS B2B estará se tornando mais um unicórnio brasileiro. Alguns candidatos bons ao que tudo indica são: Resultados Digitais, Neoway, Conta Azul…por agora. Detalhe interessante: todos de Santa Catarina #SCstrong.

Percebemos também aumento de maturidade de M&As e funding nesse meio como é de se esperar. Mesmo assim, ainda ter muito espaço para melhoria, ainda estamos longe de uma maturidade de investimento americano. One step at a time.

Flexibilidade

É a palavra mandatória para as próximas novidades de SaaS. A adaptação a um mercado que está em ascensão e em constante mudança fez com que as empresas de software procurassem por mais alternativas para se manterem bem posicionadas e desfrutando de um crescimento sustentável. Redução de rotatividade, criação de mais material educacional e suporte também fazem parte desta estratégia de crescimento.

Um foco voltado para o produto será especialmente útil para empresas de SaaS que ofereçam uma avaliação gratuita, pois isso ajudará a converter usuários satisfeitos em clientes pagantes, além de gerar fortes referências boca a boca.

Qual SaaS você usa hoje?

Comente aqui quais ferramentas você utiliza hoje em seu negócio e deixe também sua opinião em nossa plataforma!