Uber lança o Uber Money

0
221
uber lança o uber money

A Uber, gigante do segmento de transportes, está prestes a inovar mais uma vez. As inovações da empresa do Vale do Silício não são de hoje, a startup que iniciou seus trabalhos com as corridas, já apostou em bicicletas e patinetes e em delivery.

A aposta da vez é o segmento financeiro. A Uber anunciou que o Uber Money vai chegar ao Brasil, que já é disponível nos EUA desde 2019.

Patrocinado

O que é o Uber Money?

O Uber Money funciona como conta e carteira digital para os motoristas. A solução resolve a dor da espera de uma semana dos motoristas para receber os repasses das corridas realizadas.

Além disso, o Uber Money vai possibilitar que o motorista que possua o Uber Money realize todas os tipos de ações financeiras: pagar contas, transferir e sacar dinheiro, receber cashback e descontos em compras online e realizar transferências via PIX.

A única particularidade é que o número de saques e TEDs serão limitados, mas por outro lado o motorista não ira pagar anuidades ou mensalidades para utilizar a solução.

A Uber não é a primeira

A 99, concorrente direta da Uber, já possui um serviço semelhante. EM parceria com a fintech BePay, os motoristas que realizam suas corridas pela 99 podem receber pagamentos em menor prazo.

Além da 99, a movimentação parece se tornar tendência no mercado. Assim como as gigantes do segmento de transportes, empresas como:

  • Rappi: Possui carteira digital e cartão
  • Magalu: Magalu Pay
  • Mercado Livre: Mercado Pago
  • Americanas: AME

O mercado das Fintechs

Patrocinado

Várias empresas estão se movimentando para se tornarem cada vez mais independentes e fornecerem mais excelência no seus serviços.

Embasados não apenas nisso, tais movimentos explicam os motivos de o setor de fintechs ter crescido 34% no Brasil em 2020.

Patrocinado

Além disso, o setor que junta tecnologia com o sistema financeiro vem atraindo e liderando grandes rodadas de aportes, como a captada pelo Nubank em 2020 de US$ 300 milhões e a captada pela Neon também de US$ 300 milhões.

Mais dados que concretizam a ascensão meteórica das fintechs são os divulgados pela Distrito:

Patrocinado

Aportes recebidos no setor nos nove primeiros meses do ano: US$ 939 milhões

Aportes recebidos no setor nos últimos cinco anos: US$ 2,4 bilhões

Isso representa um crescimento de 34% do setor e um crescimento que promete ser exponencial nos próximos anos.