Entenda o que é e como usar o Figma para criar designs

0
112

Se você quer atrair seu público e oferecer uma ótima experiência para o usuário, os designs utilizados em seu negócio são fundamentais. Mas para criar artes fascinantes, além do talento e criatividade, é preciso ter ferramentas na mão, e a Figma pode ser uma delas.

Embora a história do design venha dos tempos mais primórdios, atualmente, o design gráfico está diretamente ligado ao marketing e vem se redescobrindo.

Patrocinado

É uma estratégia que utiliza desenhos, imagens, animações, diagramações e outras formas visuais esteticamente preparadas para chamar a atenção do lead ou cliente e guiá-lo intuitivamente para realizar ações desejáveis.

Seja em seu blog, loja virtual, e-mail marketing ou redes sociais, a arte criada interfere diretamente no interesse do seu visitante, definindo quanto tempo ele ficará em seu site e se irá realizar alguma ação.

Então, acompanhe este texto para conhecer a plataforma Figma e saiba como aprimorar suas artes com a ferramenta.

Quer ir para algum tópico específico? É só clicar aqui em baixo 👇

O que é e para que serve o Figma?

Imagem de uma tela do Figma com ilustrações e uma fita amarela sobrepondo tudo

Figma é um software para edição de designs gráficos, vetores e protótipos, baseado em nuvem, que permite a criação de artes individualmente ou de forma colaborativa em tempo real.

O Figma também permite que designers e desenvolvedores se comuniquem e transfiram produtos criados através de códigos com maior agilidade e facilidade.

Outro recurso do Figma é o FigJam, que está em sua versão beta.

Este é um quadro em branco online para que as equipes de design foquem simultaneamente na edição de brainstorms, notas adesivas ou diagramas.

Tanto as artes criadas no Figma quanto no FigJam podem ser acessadas através de um único painel, desta forma, os planejamentos feitos no FigJam podem ser executados no Figma sem precisar alternar entre ferramentas.

No FigJam, quando o trabalho é em conjunto, é possível expressar sentimentos aos membros da equipe, reagir com curtidas às ideias que estão surgindo, utilizar recursos adesivos e conversar internamente por meio do chat integrado.

Também é uma ferramenta capaz de deixar reuniões mais dinâmicas através do recurso de arrastar e soltar notas e artes criadas, organizar dados de usuários e construir fluxos de trabalho.

Como funciona o Figma?

O Figma pode ser utilizado de forma gratuita ou através dos seus planos pagos, que demonstraremos mais adiante.

É necessário criar uma conta na plataforma ou entrar utilizando sua conta Google para obter acesso às funcionalidades.

A solução faz integração com outros sistemas via API, como Jira, Dropbox e Slack para sincronizar e transferir dados, artes e imagens de forma mais assertiva e ágil.

Além disso, a comunidade Figma cria plugins constantemente com ainda mais recursos que podem ser instalados na ferramenta para expandir suas funcionalidades.

Todas as ações realizadas no Figma são armazenadas em registros de atividades, que podem ser consultados para saber como foi o andamento do projeto.

Você ainda pode convidar pessoas externas, como seus clientes, para visualizarem todo seu trabalho, fazerem comentários e exportar arquivos, e criar projetos privados apenas para convidados.

Todos os arquivos e apresentações criadas podem ser compartilhados através de links para todos os envolvidos no projeto.

E todas as artes desenvolvidas podem ser testadas na ferramenta para compreender como será a experiência do usuário.

O Figma fornece proteção avançada com criptografia para seus trabalhos criados dentro da plataforma e está em conformidade com o Regulamento Geral de Proteção de Dados da UE (GDPR) e com a Lei de Privacidade do Consumidor da Califórnia (CCPA).

Recursos de design

A imagem mostra a criação de um logo no Figma. O logo tem forma de 'U' com a cor vermelha

As ferramentas de design do Figma visam flexibilizar a criação e redimensionamento de diversas formas, desenhos e fontes.

Você pode desenhar em qualquer direção, criar arcos ou gráficos personalizados e ter uma fonte inovadora para sua marca.

Todos os designs criados podem ser responsivos e otimizados para serem bem visualizados em qualquer dispositivo, e são traduzidos em códigos para CSS, iOS e Android, facilitando a transferência para o desenvolvedor.

O Figma conta com uma pesquisa de ativos para que você possa encontrá-los mais facilmente e arrastar e soltar em seu arquivo.

Você pode criar e compartilhar uma biblioteca de estilos, ícones, planos de fundo, imagens, avatares, fontes e outros ativos com quem precisar.

O sistema também permite o gerenciamento de permissões de usuários e a integração de ferramentas de análises para identificar o que precisa ser melhorado e medir a relevância do design criado.

Recursos de prototipagem

a imagem mostra uma metade de um celular no canto esquerdo da tela, uma popup sobrepondo a imagem do fundo que tem a cor roxa

Você pode transformar seus protótipos em arquivos de design interativos e com animações, sem necessidade de codificação.

Interações e transições animadas ao clicar em um botão ou no cursor do mouse, entre outras, podem ser criadas para trazer mais dinâmica aos usuários, inclusive interações específicas para celulares.

As ferramentas também permitem a personalização de sobreposições e gifs e a inserção de comentários para coleta de feedbacks.

Como usar o Figma?

Você pode usar o Figma através da própria plataforma Web, o que evita que você precise disponibilizar espaço em seus dispositivos, ou baixar seus aplicativos para macOS e Windows ou o Figma Mirror para iOS e Android.

Uma observação importante é que a plataforma é toda em inglês, então, caso você não tenha familiaridade com o idioma, deixe seu tradutor habilitado.

Para utilizar o Figma pela Web, acesse o site e clique em "Inscrever-se";

Imagem da página inicial do site do Figma. O tema da página tem as cores branco e preto e a palavra 'made' está circulada com a cor amarela
Patrocinado

Você pode efetuar seu login utilizando diretamente sua conta Google clicando no botão "Cadastre-se com o Google" ou preencher seu e-mail e uma senha manualmente e clicar em "Criar conta";

Imagem de criação login na conta do FIgma

Insira seu nome, seu setor e para qual finalidade você utilizará o Figma;

Imagem de um formulário para preenchimento no primeiro acesso na página do Figma

Insira o nome do seu time e clique em "Próximo". Caso prefira, você pode pular essa apresentação clicando em "Fazer isso mais tarde";

página inicial do Figma após login. No centro consta uma saldação de boas vindas e abaixo temos um campo para inserção do nome do usuário e um botão de 'next'

Convide os membros da sua equipe copiando o link do convite ou inserindo o e-mail de cada um manualmente. Depois, clique em "Enviar convites".

Caso queira fazer isso em outro momento, clique em "Pular este passo";

Escolha entre um dos planos Figma: o Iniciante, que é gratuito, ou Profissional;

A imagem apresenta duas opções de planos para que o usuário escolhe. Um deles se chama 'starter' e está na esquerda com o fundo branco, e o outro se chama 'professional' e está na direta com fundo amarelo

Escolha o que você quer fazer primeiro:

  • Criar um design ou protótipo a partir de um template já pré-definido;
  • Utilizar o FigJam para criar brainstorm, diagrama ou criar designs em colaboração com seu time;
  • Ou escolher um template e iniciar um design sozinho;

A imagem mostra duas opções para o inicio de criação no Figma

Você terá acesso ao seu painel de controle, onde poderá fazer configurações em seu perfil, criar um novo time e escolher entre os templates apresentados para começar a editá-lo.

Pode ser um quadro em branco para começar a criar uma arte do zero ou um modelo já pré-definido;

imagem de telas do Figma

Ao escolher um template para editar, você terá acesso a todas as ferramentas de edição.

Entre elas estão ferramentas de alinhamento, de texto, de acabamento, pincel de formatação e formas geométricas.

Todas as alterações no template são salvas automaticamente na nuvem, e seu painel de edição ainda possui um botão de apresentação para que você vá acompanhando como está ficando sua arte em diversos dispositivos.

imagem de telas do Figma

Como baixar o Figma?

O aplicativo para desktop pode ser baixado através do próprio site Figma. Os requisitos necessários são:

Para macOS: deve ser executado em 1 0.12 (macOS Sierra) ou posterior.

Patrocinado

Para Windows: deve ser executado no Windows 8 ou posterior, em um ambiente de 64 bits.

Ao entrar na plataforma Figma, role a página até o rodapé e na aba "Recursos" clique em "Transferências", se estiver em português, ou em "Downloads", caso esteja em inglês;

imagem de telas do Figma

Selecione o aplicativo que deseja baixar e siga as orientações da plataforma.

imagem de telas do Figma

Para dispositivos móveis, o download do Figma Mirror pode ser realizado através da PlayStore ou da Apple Store, basta localizá-lo e instalar.

Imagem da Playstore com o Figma selecionado para download

O Figma Mirror não é um editor de design como a plataforma Web, mas sim, um aplicativo que permite que você visualize como seus designs criados serão vistos nos dispositivos móveis.

Imagem mostrando o aplicativo FIgma Mirror tanto em Android quanto no IOS

Já o aplicativo Figma para edição de designs em dispositivos móveis está em sua versão beta e não é possível baixá-lo no momento.

Quanto custa o Figma?

O Figma possui 3 tipos de planos: Iniciante, Profissional e Organização. Acompanhe abaixo seus preços e particularidades.

Plano Iniciante

Patrocinado

Este plano é gratuito de forma vitalícia. Entre suas funcionalidades estão:

  • Arquivos ilimitados em rascunhos;
  • Leitores e comentaristas ilimitados;
  • Editores ilimitados em 3 arquivos de equipe;
  • 1 projeto de equipe;
  • Histórico de versão de 30 dias;
  • Armazenamento ilimitado na nuvem.

Plano Profissional

Custa $ 12 editor/mês se assinado anualmente. Caso seja feita a assinatura mensal, o valor é de $ 15/mês.

O plano abrange:

  • Projetos ilimitados;
  • Histórico de versão ilimitado;
  • Arquivo personalizado;
  • Permissões de usuário;
  • Projetos privados para convidados;
  • Bibliotecas de equipe compartilháveis.

Para alunos e professores este plano é gratuito.

Plano Organização

Este plano só pode ser adquirido com faturamento anual no valor de $ 45 por editor/mês.

Oferece todos os recursos do plano Profissional e mais:

  • Sistemas de design para toda a organização;
  • Times centralizados;
  • Plugins privados;
  • Administração de plugins;
  • Fontes compartilhadas;
  • SSO + segurança avançada;
  • Análise do sistema de design.

Vale ressaltar que os valores foram levantados em setembro/2021. Consulte sempre a plataforma antes de adquirir seu plano.

Também temos um conteúdo sobre o Canva, outra plataforma de edição de designs. Não deixe de conferir!

Conclusão

Como vimos, o design que você apresentará aos visitantes de sua plataforma é essencial para cativá-los.

Por mais que você tenha uma plataforma intuitiva e de carregamento rápido, o modo como as imagens, animações e outras formas visuais e interativas estão expostas fazem toda a diferença na experiência do usuário.

Com o Figma é possível criar designs gráficos, entre eles animações, protótipos interativos, obter recursos de telas, camadas, vetores, grades, contar com ferramentas avançadas de desenho e estilos e obter armazenamento ilimitado de arquivos.

Você também pode criar apresentações, notas, brainstorms, coletar feedbacks dos membros da equipe e até mesmo de clientes.

Todos os processos envolvidos na criação do design dentro do Figma podem ser feitos em conjunto, de forma colaborativa com os membros da sua equipe, o que traz agilidade e evita retrabalho, uma vez que todos conseguem visualizar e comentar sobre as alterações em tempo real.

Quer conhecer mais ferramentas como o Figma? Acesse a categoria completa de design no portal B2B Stack! Maior portal brasileiro de busca e avaliação de softwares.