O que é um ERP

0
213

ERP (Enterprise Resource Planning) é um termo utilizado para descrever ferramentas que oferecem soluções de ponta a ponta, para diferentes tipos de negócios. São softwares que conectam diversos setores de uma empresa e contam com funcionalidades que vão desde financeiro até gestão operacional.

Um ERP padrão integra a contabilidade, a cadeia de suprimentos, portfólio de projetos, recursos humanos, entre outras atividades da empresa. Softwares que se enquadram nessa categoria proporcionam maior eficiência para profissionais de contabilidade e finanças, além de beneficiar a gestão de ativos empresariais, serviços profissionais e gerenciamento de projetos. Embora essas ferramentas tenham como foco as grandes empresas, nada impede que os ERP’s sejam utilizados por pequenos negócios. Como essas ferramentas auxiliam no aumento da produtividade, cada vez mais, pequenas, médias e microempresas buscam ERP’s como alternativa para e crescer.

Tipos de ERP’s

Hoje existem diversas categorias de ERP’s presentes no mercado. Essas categorias incluem:

Automação de serviços profissionais (PSA)

Os softwares de automação de serviços profissionais (“Professional Service Automation”) são ferramentas para empresas que trabalham com serviços voltados à clientes. Através dessa ferramenta é possível melhorar processos da empresa, além de insights importantes sobre informações de projetos e recursos.

Através desses softwares é possível organizar melhor os projetos da empresa com base nos recursos disponíveis, além de acompanhar o seu desenvolvimento. Com um PSA, gestores podem controlar o tempo, despesas e até automatizar o financeiro, enviando diretamente as faturas para clientes. Ao alinhar os aspectos financeiros e de execução de cada projeto, um PSA permite uma previsão aprimorada de orçamento e recursos para o lançamento de futuros serviços.  Essas ferramentas também contribuem para a publicidade e consultoria, favorecendo que empresas que trabalham com serviços voltados à clientes atuem de forma mais orientada em cada um de seus projetos.

[Pensando em escolher um ERP para o seu negócio? Saiba o que considerar!]

Sistemas de ERP ou ERP suítes

Os sistemas de ERP ou suítes, como também são chamados, são softwares mais complexos que abrangem todas as etapas de negócios baseados na criação de produtos. A principal aplicação desses softwares está ligada aos módulos contábeis. Eles também oferecem funcionalidades para o orçamento, gerenciamento de estoques, depósitos, fabricação e distribuição, entre outras. Ao centralizar todas as ações de diferentes setores através de uma única ferramenta, os suítes facilitam a transparência do negócio. Para os profissionais que atuam no gerenciamento financeiro, os sistemas de ERP também favorecem uma série de insights sobre os fatores da cadeia de suprimentos que afetam diretamente a lucratividade.

Sistemas de ERP’s para projetos

Os sistemas de ERP’s voltados para projetos também oferecem a mesma transparência que os demais tipos de ERP’s. No entanto, esses softwares são específicos para empresas que usam um modelo de negócio orientado para projetos, em vez de produtos. Essas soluções são bastante semelhantes aos PSA’s, porém são voltados para as indústrias fora dos serviços profissionais. As empresas que tem um modelo de negócios baseado em projetos não devem buscar um sistema de ERP (suíte), que poderá causar muitas complicações, além de tornar-se caro e ineficiente muito rapidamente.

Gerenciamento de ativos empresariais

Os ERP’s voltados ao gerenciamento de ativos empresariais, também chamados de Enterprise Asset Management (EAM), são ferramentas que ajudam a rastrear ativos físicos controlados por uma empresa. Através dessa ferramenta é possível controlar o ciclo de vida dos ativos a fim de garantir que eles não se tornem ineficientes ou mesmo obsoletos. Esses recursos servem para registrar a produtividade dos ativos e podem contribuir para a manutenção antecipada, o que acaba colaborando para a lucratividade. Essas ferramentas possibilitam às empresas analisaren uma grande quantidade de dados, que podem determinar quando a manutenção é necessária.

Cada ERP oferece aspectos do planejamento de recursos para diferentes modelos de negócios. Essas ferramentas auxiliam na organização e na transparência, contribuindo na integração de setores diferentes, além de promover melhoria na produtividade. Cada um desses diferentes tipos de ERP’s oferece esses mesmos benefícios.

Você já conhecia os diferentes tipos de ERP’s? Confira as avaliações dos usuários dos principais ERP’s do mercado! Clique aqui e saiba mais!