5 dicas para cuidar da reputação e branding da sua empresa

Publicado em 18 de janeiro de 2022

Você já parou para pensar sobre o que é branding e como a estratégia pode ajudar sua empresa a se consolidar no mercado?

Hoje, vamos te mostrar o porquê essa prática é tão importante, e o porquê as empresas brasileiras precisam começar a se preocupar mais com este tal de branding.

Com a chegada da pandemia de COVID-19 muita coisa dentro das empresas precisou mudar para que elas conseguissem se adaptar às novas exigências dos consumidores, bem como para passar pela crise sanitária global sem tantos impactos negativos.

Este “novo normal” influenciou muitas tomadas de decisão de compra, e a partir de agora, as estratégias de vendas precisam basear-se não só na quantidade, mas também na qualidade da experiência proporcionada ao cliente.

Uma pesquisa demonstrou, por exemplo, que 65% dos consumidores globais de qualquer produto ou serviço decidirão comprar em uma empresa, ou não, conforme o comportamento que a marca adotou durante a pandemia.

Outros dados revelaram que 62% das pessoas atribuíram os preços praticados por uma marca como fator crucial para se manterem fiéis à ela.

Essas experiências vão definir a relevância de uma marca para o seu consumidor final, independente se o mercado de atuação for B2B ou B2C, assim como é o que vai estimular relacionamentos sólidos do público com uma empresa nos próximos anos.

Branding, a gestão da sua marca

Imagem com duas mãos com os polegares levantados. Uma para cima e outra para baixo. A com o pelagar para baixo está com tons de vermelho e a de polegar para cima com tons azuis

Brand na tradução literal para o português significa “marca”.

Portanto, o termo “branding”, também conhecido como “brand management”, ou “gestão de marca”, trata-se de um conjunto de técnicas que visam melhorar a percepção que as pessoas têm sobre a sua marca.

Isso significa ir além de fazer as pessoas conhecerem apenas o nome da empresa ou seu endereço.

As estratégias de branding têm como objetivo despertar sensações positivas nos consumidores em relação à tudo o que envolve sua marca:

Identidade visual, missão, visão e valores, soluções oferecidas, responsabilidade social, ações sustentáveis e toda a experiência proporcionada durante a jornada dos clientes.

Dessa forma, os consumidores conseguem enxergar o valor do seu negócio como um todo, e não somente como mais uma empresa que deseja vender e atrair mais seguidores.

Muitas marcas de sucesso são conhecidas hoje mais por suas ações sociais, pela identificação forte com o seu público, ou ainda, pelas atitudes que adotaram durante a pandemia para educar e proteger clientes e funcionários, por exemplo, do que pelos próprios produtos ou serviços em si.

E isso também funciona ao contrário. Adotar estratégias de branding também ajuda quando uma empresa fica marcada negativamente diante do seu público.

Além disso, se consolidar no mercado não só por oferecer produtos de qualidade, mas também por ser original, falar a linguagem do seu público e fazer com que ele se identifique com seus valores atrai mais do que compradores: é uma estratégia para gerar defensores para sua marca!

• Saiba mais sobre marketing de defensores neste bate-papo com a representante de uma das empresas que é referência no assunto, a RD Station.

O que é marketing de reputação?

Seguindo a linha de raciocínio de que é preciso estabelecer uma marca forte para se destacar no mercado e ser a primeira opção dos consumidores, um dos passos a se seguir é implementar o “Reputation Marketing”, ou, marketing de reputação.

O marketing de reputação, portanto, trata-se de uma das estratégias de branding para promover produtos ou serviços usando como base a percepção e opiniões positivas que as pessoas têm sobre o seu negócio.

No nosso portal B2B Stack, por exemplo, estimulamos o marketing de reputação demonstrando as avaliações de usuários reais de softwares.

Isso faz com que outros usuários saibam como é a reputação da empresa desenvolvedora da solução, assim como do produto que oferece, antes de contratá-lo.

Do lado da empresa, sua média de avaliação e os prêmios que ganhou no B2B Awards, evento que premia os softwares mais bem avaliados durante o ano, podem servir como um diferencial para conquistar a confiança de novos leads e clientes.

Montagem com imagens de estrelas e badges da B2B Stack

E sim! Os consumidores querem saber a opinião de quem já adquiriu um produto ou serviço para decidir se irão comprá-lo também ou não.

Um relatório divulgado demonstrou que 85% dos consumidores confiam tanto nas avaliações online quanto nas recomendações pessoais que recebem, como de amigos ou parentes.

Onde mais usar o marketing de reputação?

Outras formas de usar a reputação da sua marca para se promover e influenciar a decisão de compra do consumidor é compartilhando depoimentos de quem já é seu cliente.

Assim, as pessoas saberão como o seu negócio foi fundamental para resolver as dores e problemas de outros usuários.

Então, tudo o que for positivo com relação à sua marca é importante deixar escancarado aos quatro ventos, não é mesmo?

Insira opiniões e cases no seu e-commerce, divulgue e peça avaliações nas redes sociais, no Google, e em qualquer outro canal online onde sua empresa esteja presente.

Mas isso não significa que se deva ignorar e mascarar as avaliações e depoimentos negativos que sua marca recebeu. Muito pelo contrário!

Falaremos sobre a gestão de reputação mais para frente, entretanto, é importante já saber que os comentários negativos também podem tornar-se aliados.

Isso porque, ao dar a devida atenção a eles você demonstra aos novos seguidores da sua marca que mesmo diante das dificuldades, seu negócio está disposto a ouví-los e encontrar as melhores maneiras para melhorar sua experiência de compra.

Afinal, nenhuma empresa é perfeita, certo? Ainda mais com tantos desafios a serem superados nos últimos tempos.

O diferencial é saber reconhecer suas falhas e fazer o possível para melhorá-las, mostrando sua capacidade de resiliência e a preocupação em sempre fazer o melhor para os clientes e funcionários.

O que os usuários falam e onde falam?

Acompanhar de perto o que os usuários falam na internet sobre a sua marca pode evitar inúmeros transtornos, que podem até mesmo fazer uma empresa quebrar.

Não é difícil entender isso quando vemos o quão rápido um vídeo, postagem ou comentário negativo pode viralizar na internet.

Em poucos minutos o trabalho de uma vida inteira pode ser destruído sem que a empresa tenha ao menos uma oportunidade de retratação.

Portanto, as estratégias de branding te deixam ligado no que as pessoas estão falando sobre a sua marca em todas as redes sociais, especialmente nas mais usadas do Brasil.

Seja no Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest ou LinkedIn, ter uma conta nessas redes não só ajuda a monitorá-las, mas também são ótimas fontes de aquisição de reviews.

Além disso, outro lugar onde seus usuários podem falar da sua marca é no Google My Business, ou Google Meu Negócio, que reúne as avaliações dos usuários do Google sobre milhões de empresas, que são mostradas assim que fazemos uma pesquisa no buscador.

Você pode conferir como funciona o Google Meu Negócio neste conteúdo completo sobre a ferramenta corporativa.

Fique atento também à outras plataformas de avaliações como a Reclame Aqui, a própria B2B Stack (no caso de plataformas SaaS e softwares), e na Glassdoor, onde os próprios funcionários das empresas podem avaliá-las, neste caso, o foco é na gestão de Employer Branding, ou reputação da sua marca empregadora.

Por fim, mas não menos importante, as empresas em atividade nos marketplaces não só precisam se atentar ao que dizem seus usuários, mas também dependem exclusivamente dessas avaliações para se destacarem em meio à tanta concorrência

Ou seja, todas as empresas que querem investir em branding devem ter alguém focado apenas em acompanhar o que seu público fala na internet, e responder aos comentários e avaliações, para assim, se antecipar a qualquer percepção negativa.

Como fazer a gestão de reputação

Para fazer a gestão de reputação da sua marca você vai precisar das ferramentas certas para monitorar todos os canais onde ela está presente.

É preciso pensar nessa reputação antes dela se tornar ruim, pois é muito mais fácil construir uma imagem positiva do que reverter uma visão negativa. Isto geraria muito mais esforços e por consequência, ainda mais custos.

Ainda assim, em algum momento você pode se deparar com problemas que impactam nessa imagem.

A gestão de reputação tem como foco, portanto, diminuir essas percepções negativas sobre a sua marca e aumentar as positivas em longo prazo, por isso, precisa ser consistente com o que se deseja construir do início ao fim.

O marketing multicanal pode ajudar a manter essa consistência em vários canais, fazendo com que o público reconheça sua marca em todos eles e entenda a visão que você deseja transmitir sobre ela.

Algumas boas práticas de gestão de reputação também envolvem:

  • Responder rápido às reclamações dos usuários;
  • Monitorar as redes sociais e outros canais de avaliação;
  • Se antecipar às crises, como por exemplo, informando problemas no lote de um produto antes que as avaliações negativas viralizem;
  • Fazer pesquisas de NPS constantes;
  • Dar incentivos aos clientes em troca das avaliações sinceras sobre a sua marca;
  • Apostar no treinamento das suas equipes para que elas saibam o que fazer em todos os cenários, bem como para o aprimoramento das experiências proporcionadas.

Dica B2B Stack: Ferramentas para gestão de reputação e branding

Agora que você já sabe o que é branding e o que é necessário para fazer sua gestão de reputação, veja como funcionam 5 softwares para cuidar da sua marca:

  • Google Alerts
  • Mention
  • BrandYourself
  • Ekyte
  • Deskfy

Google Alerts

Logo do Google Alerts sobre Branding e reputação

Google Alerts é uma ferramenta gratuita que permite que você crie alertas para receber notificações quando qualquer assunto que você deseje monitorar seja pesquisado no Google.

Imagem de onde o usuário inseri uma palavra-chave para que o Google alerts busque referências na internet. A imagem mostra uma campo azul horizontal na parte de cima com um campo de busca para que  o usuário insira a palavra-chave

Portanto, se você quer receber notificações quando pesquisarem sua marca, basta configurá-la como um tópico a ser seguido, e definir algumas preferências, como:

  • A frequência que deseja receber as notificações;
  • Tipos de sites que deseja monitorar;
  • Idioma e país onde ocorrerá o monitoramento das buscas;
  • Quantidade de resultados que deseja ver;
  • E as contas que receberão os alertas.

Mention

Logo da empresa Mention. Na esqquerda do nome á um circulo azul com uma estrela branca ao centro

Mention é uma plataforma de branding para monitoramento de menções da sua marca, bem como dos tópicos mais relevantes para o seu público nas redes sociais e web, e você também consegue monitorar o que dizem sobre os seus concorrentes nesses canais.

As redes e sites que podem ser monitorados com o Mention abrangem:

Sites de notícias, fóruns, blogs, sites de vídeos, websites de comentários, Instagram, Twitter, Facebook, Pinterest, Youtube e TikTok.

Além disso, o Mention também funciona como ferramenta de gestão de mídias sociais, na qual você pode planejar, criar e agendar postagens para essas redes.

Com o Mention você consegue identificar a percepção que seu público tem sobre a sua marca, bem como prever crises para criar estratégias preditivas.

O Mention também permite que você crie uma marca cada vez mais próxima do seu público, porque faz com que você planeje conteúdos com base nos tópicos mais comentados por ele.

O Mention possui um plano gratuito e os planos pagos são a partir de $ 29/mês.

BrandYourself

Logo da empresa brandyourself. Na esquerda do logo tem um desenho de uma como uma bandeira na mão. A bandeira substitui a cabeça da pessoa e todo logo está na cor azul

BrandYourself também é uma plataforma de branding, com foco em gestão de reputação, limpeza de mídia social e de resultados negativos no Google e proteção da privacidade online.

Como diferenciais, com o software de gestão de reputação do BrandYourself você consegue obter um relatório de reputação gratuito disponibilizado pela ferramenta para ver como está sua presença online, e entender por quais estratégias de branding você precisa começar.

Também é possível remover fatores de risco que podem levar os usuários a terem uma má impressão da sua marca.

Para as redes sociais, além do monitoramento de percepções negativas sobre a sua marca, o BrandYourself identifica postagens que você curtiu, compartilhou ou comentou, e que podem ser prejudiciais para sua empresa diante do seu público.

Para consultar os preços do BrandYourself é necessário solicitar a cotação na própria plataforma.

Ekyte

Logo da empresa Ekyte com quatro tons de azul. Acima do nome é uma forma de um pipa com as quatro cores

Ekyte é um software de marketing brasileiro, que disponibiliza recursos integrados para campanhas digitais, e também ferramentas de branding.

A solução de branding permite que você defina sua identidade visual, bem como suas diretrizes, para que suas campanhas de marketing digital sejam otimizadas para obter uma marca mais forte.

Você também consegue atribuir à ferramentas as marcas que te inspiram, assim como concorrentes, para que possam ser usados como referência na hora de criar suas próprias estratégias.

Além disso, é possível estabelecer metas de curto e longo prazo para criar campanhas ainda mais personalizadas conforme os objetivos.

O Ekyte oferece um plano básico gratuito, e os planos pagos são a partir de R$ 30/usuário/mês.

Deskfy

Logo da empresas Deskfy. Ao lado esquerdo do nome é uma forma em tons de azul que simboliza uma letra D mas não substitui a letra D que está no nome

Deskfy é um software de branding para reforçar a identidade tanto visual quanto cultural da sua marca, indicado para equipes de marketing de todos os tamanhos e setores.

O Deskfy é disponibilizado em módulos, que incluem: artes, solicitações, checklist, comunicados, marca, arquivos e analytics.

Com o Deskfy é possível padronizar campanhas com o visual e objetivos da sua marca independente de quantas filiais seu negócio tenha, gerenciar esses projetos, armazenar imagens e outros arquivos que podem ser acessados em qualquer unidade, assim como centralizar a comunicação das suas equipes.

Todo o desempenho das equipes poderá ser acompanhado através de dashboards e relatórios.

Conclusão

Neste conteúdo você viu o quanto é importante cuidar da sua marca se você quiser consolidá-la no mercado e ganhar verdadeiros fãs, leais e defensores do seu negócio.

As estratégias de branding podem ajudar a alavancar suas vendas, uma vez que os consumidores estão muito mais propensos a comprar com uma empresa que compartilha da mesma visão e valores, e ainda possui diferenciais positivos em meio à concorrência.

Uma dessas estratégias de branding trata-se do marketing de reputação, que visa promover seus produtos ou serviços de maneira diferente, mostrando através das opiniões e experiências de outros usuários o quanto sua marca é confiável, e o quanto o que você oferece pode ser relevante para o seu público.

Para que os cuidados com a sua marca funcionem, é preciso contar com as ferramentas certas de monitoramento dos canais onde ela está presente.

Por isso, te apresentamos 5 softwares de branding e gestão de reputação: Google Alerts, Mention, BrandYourself, Ekyte e Deskfy.

Se você quer conhecer ainda mais softwares de branding ou para automatizar milhares de outros processos corporativos, não deixe de navegar pelo portal B2B Stack para escolher entre as melhores ferramentas B2B do mercado!

Publicado por Marcia Lira

Bióloga, apaixonada pela natureza e recém inserida no mundo da tecnologia, acredito no poder gigantesco das ferramentas tecnológicas para melhorar a qualidade de vida das pessoas e do meio ambiente. Nada precisa ser massante e árduo para funcionar, mas sim, inteligente, inovador e prático.


Artigos relacionados