Os melhores ERPs para a indústria

Publicado em 4 de março de 2020

ERP para a indústria

Este texto apresenta os melhores ERP para a Indústria. Lista: Siggma, Tiny ERP, Conta Azul, UnoERP, Mega Indústria, TOTVS ERP, Sankhya ERP, ERPFlex, CIGAM ERP, E2Corp, WK Sistemas, Nomus ERP Industrial, FoccoERP, Master Sig

Fundamental para a economia, o setor industrial brasileiro passa por importantes transformações para continuar lucrando e gerando emprego e renda. 

Segundo a Confederação Nacional da Indústria (CNI), 20,4% do PIB nacional é proveniente do setor industrial, sendo que, para cada R$ 1,00 produzido nas indústrias, são gerados R$ 2,43 na economia total do país.

Para se ter uma ideia do quanto estes números são altos e importantes para a economia brasileira, podemos compará-los aos números de outros segmentos gigantes:

A agropecuária gera R$ 1,75 a cada R$ 1,00 produzido, e, os setores de comércio e serviços geram R$ 1,49 a cada R$ 1,00 produzido.

Com a modernização, é cada vez maior o número de fábricas que utilizam ferramentas de automação de processos para otimizar resultados.

Entre essas ferramentas está o ERP industrial. Afinal, em um cenário competitivo, é fundamental implementar mecanismos para que as indústrias se destaquem no mercado interno e consigam enfrentar a concorrência global em igualdade de condições.

O ERP (Enterprise Resource Planning ou Planejamento de Recursos da Empresa) é um termo utilizado para descrever ferramentas que oferecem soluções de ponta a ponta para diferentes tipos de negócios. 

São plataformas que conectam diversos setores de uma empresa e contam com funcionalidades que vão desde financeiro a gestão operacional, sendo uma solução indispensável na implantação de modelos de gestão otimizados e modernos.

Por essa razão, é cada vez maior o número de fábricas que investem em softwares ERP.

Se você atua no setor industrial já deve ter ouvido falar nesses sistemas. Mas você sabe qual a importância do ERP para a indústria e de que modo um software de gestão pode contribuir para aumentar o lucro e a produtividade?

Elaboramos este artigo para tirar todas as suas dúvidas sobre o tema.

O que é indústria?

Alimentos, roupas, carros, materiais de construção civil. Praticamente tudo o que consumimos, de grandes a pequenas coisas, são provenientes da indústria.

Fundamentais para a sociedade há centenas de anos, as indústrias são responsáveis por grande parte dos empregos gerados no Brasil e no mundo, além de movimentarem a economia e fornecer à população artigos fundamentais para a nossa sobrevivência e conforto.

Conceitualmente, indústria é uma atividade que tem como principal objetivo transformar matérias-primas em bens de consumo com ajuda de máquinas ou recursos de transformação. Essa transformação é chamada de processo de produção.

Para executar a produção, a indústria reúne recursos tecnológicos (materiais, máquinas e equipamentos), humanos (trabalhadores, consumidores e clientes) e informações (necessidades e demandas).

As indústrias são divididas em quatro grupos:

  • Indústria de base: sua produção é voltada para suprir outras indústrias. É dividida entre indústria metalúrgica e indústria química (ou indústria pesada).A indústria de base, portanto, extrai a matéria-prima bruta da natureza e a transforma em produtos semi-elaborados. Um exemplo é a indústria metalúrgica, que produz o aço que será usado na fabricação de ferramentas, motores e outros artigos;
  • Indústria de bens intermediários: é o setor responsável por produzir as máquinas e equipamentos que serão incorporados aos bens de consumo finais ou nas próprias indústrias de bens intermediários. Estão nesse grupo as fábricas que produzem peças de automóveis, peças para eletrodomésticos, automóveis e computadores;
  • Indústria de bens de consumo: transforma os bens intermediários em bens de consumo, com os automóveis, alimentos, produtos de limpeza, roupas, móveis etc;
  • Indústrias de ponta: são as que produzem bens que utilizam alta tecnologia na produção. Geralmente empregam mão de obra altamente especializada e com alto grau de escolaridade. São exemplos indústrias de aviões, de satélites de comunicação, de computadores e equipamentos eletrônicos como videogames, tablets e smartphones.

Qual a importância de um ERP para a indústria?

Os ERPs para indústria são ferramentas indispensáveis na implantação de modelos de gestão ágeis e inovadores, também auxiliando diretamente na redução de custos e de desperdícios de materiais, além de serem essenciais para o aumento da produtividade do negócio. 

A principal função de um software ERP é sincronizar dados em tempo real integrando setores, contando ainda com o armazenamento de todas as informações em nuvem, para que possam ser acessadas em qualquer lugar e a qualquer momento. 

Portanto, um ERP é capaz de automatizar as ordens de produção de acordo com a demanda de vendas, disponibilidade de insumos e do estoque de materiais já produzidos, também podem ajudar a organizar os períodos de manutenção das máquinas e ainda oferecer ferramentas para uma boa gestão financeira

As funcionalidades que os ERPs podem oferecer, que veremos mais adiante, são fundamentais para que a indústria consiga obter um crescimento sólido e ainda contribuir com o meio ambiente, já que proporcionam a economia e o reaproveitamento de muitas das matérias-primas.

Como funciona um sistema ERP na indústria?

Confira as principais funcionalidades de um ERP para a indústria.

  • Aumento de produtividade e redução de erros

Isso acontece porque a ferramenta direciona os processos com base em validações e práticas desenvolvidas por profissionais especialistas, portanto, a indústria só irá fabricar aquilo que realmente precisa.

O ERP atua diretamente na proteção e segurança dos dados e informações da fábrica. Além disso, é capaz de apontar com precisão onde há desperdícios que poderiam ser evitados.

  • Padronização das operações

Sistemas e planilhas não integrados são práticas comuns que deixam a gestão desorganizada e consequentemente afetam a produtividade. 

Para resolver esse problema, os ERPs centralizam e unificam os dados, gerando um sistema padronizado.

Essa medida ajuda a melhorar a comunicação entre os setores e permite aos gestores conhecer cada aspecto da produção.

  • Gestão de compras e estoques

O ERP permite o planejamento preciso do momento certo de produzir e de comprar matéria-prima. 

Além disso, controla o processo de emissão de notas fiscais de entrada e saída, otimização de estoques e coleta de dados.

  • Planejamento de produção

Alguns ERPs registram metas previstas pela gestão e, com base nelas, oferecem uma  previsão de quais produtos produzir e em quais datas.

  • Automatização do processo de compras

A ferramenta é capaz de organizar todas as etapas de compras da empresa, como cotações, sugestões, pedidos de compra e entradas de mercadorias, tudo de forma automatizada.

  • Controle do estoque, financeiro e fiscal

Ao adotar um ERP na indústria, você pode contar as operações de compra e venda em tempo real e controlar simultaneamente os estoques.

A ferramenta também permite controle das contas a pagar e receber, fluxo de caixa, integração bancária, previsões de receitas e despesas, relatórios, entre outros. 

Com ERPs também fica mais fácil garantir a emissão das notas fiscais e a gestão das obrigações tributárias e fiscais, tanto municipais quanto estaduais e federais. 

Sistemas com essa funcionalidade permitem ainda, que esses documentos sejam arquivados e acessados quando necessário.

Benefícios de um ERP para Indústrias

Os benefícios de um ERP para indústrias são muitos. A primeira vantagem que temos que citar ao falar em ERP é a redução de custos, pois essas ferramentas são adquiridas em módulos, desta forma, você só paga pelo que realmente precisar.

Entre outros benefícios, podemos incluir:

  • Organizar e centralizar dados em apenas uma plataforma;
  • Facilitar as tomadas de decisão baseadas em dados precisos e sincronizados;
  • Automação de processos;
  • Diminuição de falhas operacionais e de cálculos causadas por processos e atualizações manuais e repetitivas;
  • Atualizações de ações automáticas de forma integrada e sincronizada;
  • Aumento da produtividade e eficiência dos processos de gestão;
  • Gestão financeira integrada com vendas, produção, estoque, compras e capital humano;
  • Melhora nos investimentos, sabendo exatamente quando e onde investir;
  • Acompanhamento de indicadores de desempenho;

Mais benefícios você conhecerá nos próximos tópicos ao abordarmos as funcionalidades dos principais ERPs para indústria disponíveis no mercado.

ERPs no cenário da indústria 4.0

Com o surgimento da indústria 4.0 durante este período de Quarta Revolução Industrial, a transformação digital no setor da indústria é indispensável para se tornar competitivo no mercado. 

Segundo a CNI, 54% das indústrias que adotaram até três tecnologias durante a pandemia de COVID-19 já estão com lucro maior ou igual ao período pré-pandemia, e lidam melhor com a crise. 

Este lucro pode chegar a 29% dependendo de quantas ferramentas tecnológicas foram inseridas na indústria, contra os 25% de lucro das indústrias que não adotaram nenhuma solução. 

Neste cenário, o ERP torna-se um protagonista ao trazer soluções de gestão digitais inteligentes e que nutrem, com muita tecnologia, todo um ecossistema empresarial.

O ecossistema industrial se baseia em fornecedores, concorrentes, parceiros, colaboradores, a própria indústria e seus clientes.

Faz parte dos ERPs mais inovadores do mercado conseguirem engajar todo este ecossistema com automações, integrações, otimização de processos, melhora na comunicação, e assim, incentivar a transformação digital.

Também é preciso contar com a organização e tratamento de dados utilizando Inteligência Artificial, Big Data, Machine Learning, entre outras tecnologias que acompanham a evolução das indústrias para obterem insights cada vez mais precisos, bem como para automatizar as linhas de produção e facilitar a busca por qualquer informação dentro da plataforma.

O armazenamento em nuvem, as atualizações em tempo real e os dashboards fornecidos pelos ERPS são peças-chave dentro da indústria 4.0. 

Essas funcionalidades aumentam a segurança dos dados da indústria, permitem o acesso a qualquer momento e modificam a forma como se lida com a visualização e análises destes dados.

Os melhores ERPs para indústria do Brasil 

Depois de ler todas as informações que trouxemos, você já sabe o que são os ERPs e qual a importância da ferramenta para o desempenho da indústria. Agora chegou a hora de apresentar alguns sistemas disponíveis para que você possa escolher o mais adequado para o seu modelo de negócio.

ERP Siggma

Siggma é um ERP indicado para indústrias e empresas de diversos segmentos, hospedado em nuvem, e disponibiliza módulos de manufatura, vendas, CRM e logística, além de soluções contábeis. 

Suas funcionalidades abrangem:

  • Cadastro de produtos e colaboradores;
  • Criação e gestão de roteiros e ordens de produção;
  • Gestão de estoque;
  • Gestão de turnos;
  • Gestão de centro de custos;
  • Painel de estatísticas;
  • Emissão de notas fiscais;
  • SPED Fiscal;
  • Gestão de filiais;
  • Gestão de compras por CMM.

Tiny ERP

Tiny ERP é uma solução para pequenas indústrias e manufaturas, que auxilia na gestão dos principais processos de produção, vendas e finanças.

Entre suas funcionalidades estão:

  • Criação de ordens de produção integrado às demandas;
  • Planejamento de compras de insumos (MRP);
  • Emissão de ordens de compra, com possibilidade de envio direto ao fornecedor;
  • Gestão de estoques;
  • Previsão de produção a partir de dados como consumo médio e pedidos em aberto;
  • Criação, envio e gestão de propostas comerciais;
  • Emissão de pedidos de vendas;
  • Gestão do fluxo de vendas e do fluxo de caixa;
  • Emissão de notas fiscais eletrônicas;
  • Emissão de boletos;
  • Demonstrativo de resultados (DRE).
  • Dê uma olhada em nosso guia completo do Tiny ERP e veja como a ferramenta funciona na prática.

Conta Azul 

Conta Azul é um ERP para micro e pequenas empresas, que possui módulos adequados para indústrias e fabricação. Suas funcionalidades são:

  • Gestão de contratos, inclusive recorrentes, integrado às vendas, estoque e financeiro;
  • Gestão de produtos;
  • Gestão de contas a pagar e receber;
  • Emissão de NF-e;
  • Histórico de orçamentos e negociações;
  • Emissão de ordens de serviço;
  • Gestão de estoque;
  • Gestão de fornecedores;
  • Gestão de compras;
  • Gestão de transportadoras;
  • Criação de relatórios.
  • Veja nosso post com o guia completo do Conta Azul para dominar esta ferramenta.

UnoERP

UnoERP é uma solução 100% web e personalizável, indicado para pequenas e médias empresas dos segmentos de distribuição, atacado, varejo, indústria e também para prestadores de serviços.

Seus módulos para indústria incluem as seguintes funcionalidades:

  • Gestão de estoque;
  • Emissão de ordens de produção;
  • Rastreabilidade de produção e produtividade;
  • Planejamento e controle de produção;
  • Cálculo de custo de produção;
  • Gestão de estrutura do produto;
  • Simulação de produção;
  • Gestão de insumos;
  • Gestão de logística;
  • Importação de bancos de dados, que agiliza o cadastro de produtos em massa;
  • Criação de arquivo do Bloco K do SPED Fiscal no padrão SEFAZ.

Mega Indústria

O ERP Mega Indústria oferece soluções de especialistas para seu negócio, além de um poderoso hub contábil e tributário para apoiar o controle de toda a sua operação. 

É indicado para indústrias de manufatura de diversos segmentos de mercado, como farmacêutica, metal-mecânica, alimentícia, plástico e borracha, médico-hospitalar, aeroespacial, química, papel e papelão e minerais e minérios.

Suas funcionalidades incluem:

  • Gestão de produtos;
  • Plano Mestre de Produção (MPS);
  • Ordens de produção;
  • Gestão de custo padrão;
  • Planejamento das Necessidades de Capacidade (CRP);
  • Gestão de processos de fabricação;
  • Controle de qualidade;
  • Gestão de vendas e estoque;
  • Automação de aprovação de documentos.

TOTVS ERP

O TOTVS ERP é um sistema de gerenciamento que auxilia no acompanhamento e crescimento das empresas. 

Atende organizações de todos os segmentos e tamanhos com funcionalidades e rotinas que automatizam a gestão dos processos.

Entre suas funcionalidades estão:

  • Configurador de produtos;
  • Planejamento e ordens de produção;
  • Planejamento de materiais;
  • Gestão de estoque e notas fiscais;
  • Manutenção de ativos e frotas;
  • Gestão de suprimentos;
  • Gestão de custos industriais e chão de fábrica;
  • Gestão de vendas;
  • Gestão de logística. 

Sankhya ERP

O ERP Sankhya é flexível e pode ser configurado para atender diferentes rotinas e modelos de processos.

É um sistema de ERP que fornece ao cliente de forma rápida e intuitiva informações operacionais, gerenciais e estratégicas, como: Ponto de Equilíbrio, Ciclo Financeiro, Ciclo Operacional, Margem de Contribuição, entre outras. 

O sistema permite total mobilidade para acessar em tempo real as informações da empresa, para uma gestão e tomada de decisão mais rápida e segura, tudo 100% web por meio de celular, notebook ou tablet.

Entre suas funcionalidades estão:

  • Gestão de custos de produção;
  • Gestão de produção;
  • Gestão de vendas;
  • Gestão por indicadores.

ERPFlex

O ERPFlex é um software de gestão para empresas de serviços, indústria, comércio e varejo. Possui funcionalidades que automatizam o controle da área financeira, como fluxo de caixa, integração com contas bancárias, entre outras.

Faz a gestão de contratos com a emissão de cobranças, atualizações de valores e controle de recebimentos.

O ERPFlex também tem uma funcionalidade que estabelece metas de indicadores de giro de estoque e de faturamento por produto. A plataforma executa, ainda, o controle financeiro de estoque por meio do custos produtivos e dos insumos.

Ideal para empresas de serviços, indústria, comércio de distribuição e varejo.

CIGAM ERP

O CIGAM ERP agrega aos seus negócios conceitos de gestão, integração da empresa, velocidade e flexibilidade na análise de informações. É indicado para as indústrias 4.0, grandes lojas, redes e franquias.

Permite uma visão ágil da sua empresa por meio de indicadores de performance, consultas multidimensionais, relatórios e gráficos, que podem ser rapidamente criados, e se necessário, modificados, tornando a gestão muito mais fácil. 

Suas funcionalidades abrangem:

  • Planejamento e programação da produção;
  • Controle de produção;
  • Gestão de estoque;
  • Gestão de expedição;
  • Gestão de logística;
  • Gestão de pedidos.
  • Veja nosso guia completo do ERP 4.0 da Cigam e descubra tudo sobre a ferramenta.

E2Corp

O sistema E2Corp apresenta características de ERPs de grande porte, mas com custos de implantação de ERP de pequeno porte.

Atende todas as modalidades de produção:

  • Produção sob encomenda (MTO – Make-to-Order);
  • Produção Seriada ou para Estoque (MTS – Make-to-Stock);
  • Produção conforme Projeto (ETO – Engineering-to-Order). 

WK Sistemas 

O ERP Radar Empresarial da empresa WK Sistemas é uma solução de gestão inteligente e funcional, que permite gerenciar e integrar operações desde a área de vendas e produção até a controladoria, seja qual for o porte ou tipo de negócio.

A ferramenta oferece:

  • Rastreabilidade de todas as etapas de produção e de insumos;
  • Integração com as máquinas e balanças (Internet das Coisas);
  • Gestão de contas a pagar e a receber, de fluxo de caixa e de vendas;
  • Gestão de estoque.

Nomus ERP Industrial

O Nomus ERP Industrial é um sistema de gestão para pequenas e médias indústrias.

A ferramenta permite:

  • Criação de propostas comerciais e pedidos de venda;
  • Plano Mestre de produção;
  • Cálculo de custo real da produção e margem de lucro;
  • Conferências de produtos na expedição;
  • Controle de qualidade;
  • Emissão de notas fiscais eletrônicas (NF-e), 
  • Emissão de notas fiscais de serviço eletrônicas (NFS-e)
  • Gestão da programação de contas a receber integrada ao faturamento;
  • Emissão de boletos bancários;
  • Gestão de fluxo de caixa;

FoccoERP

O sistema de gestão FoccoERP permite ter o controle total de sua empresa, com as melhores práticas de gestão e um sistema preparado para seu tipo de negócio.

Algumas das funcionalidades presentes no Focco ERP são:

  • Configurador de produtos;
  • Múltiplas ordens de produção;
  • Estoque integrado com custos;
  • Gestão de estoque, materiais e expedição;
  • Controle de qualidade. 

Master Sig 

Uma das funcionalidades do Master Sig ERP é o planejamento e controle da produção, que maximiza a gestão da produção, gerando economia de tempo, redução de custos, controles nos prazos e nas qualidades. 

O sistema oferece vários recursos como:

  • Relatórios gerenciais, gráficos e telas de aviso para otimizar sua indústria;
  • Gestão de cadeia de suprimentos;
  • Alertas de nível de estoque;
  • Gestão fiscal;
  • Definição do processo produtivo;
  • Previsão de custos.

Conclusão

Os ERPs para indústrias são ferramentas essenciais para quem deseja aumentar a produtividade e a eficiência dos processos de gestão, pois oferecem diversas funcionalidades que vão desde o planejamento de produção até a validação do produto final e sua qualidade.

Para quem almeja a tão sonhada redução de custos, os ERPs para indústria também podem ajudar, pois seus recursos permitem que você tenha controle total sobre os insumos e produtos prontos em sincronia com as demandas, para evitar desperdícios e gastos desnecessários.

Além disso, esses ERPs oferecem bom custo benefício, pois podem ser adquiridos em módulos, de acordo com as necessidades da indústria.

Agora, dê uma olhada na categoria completa de ERPs para indústria no portal B2B Stack e escolha a ferramenta mais adequada ao seu negócio.


Artigos relacionados