Saiba o que é ROI e aprenda como calcular

Publicado em 14 de abril de 2022

Se você chegou até este artigo com o propósito de aprender sobre o que é ROI, você provavelmente já sabe que essa métrica é fundamental para fazer a medição do seu negócio. Apenas através da medida precisa dos resultados deste, é que você poderá remanejar recursos, de maneira a proporcionar o crescimento que você tanto tem sonhado.

Basicamente, ROI significa Return on Investment. Esse termo vem do inglês, e sua tradução literal significa retorno sobre investimento. Logo, é apenas através do ROI que uma empresa consegue calcular seu lucro, não apenas ganho.

Assim, tendo explicada essa sigla, que não deixa de ser mais uma das várias que os novos empreendedores precisam se deparar, precisamos esclarecer mais alguns pontos sobre o ROI.

Apesar da definição aparentemente simples, há muito mais sobre o ROI que você precisa saber. Seu conhecimento pleno — e a tomada de decisão por mudanças a partir dos resultados gerados — tem um potencial inacreditável de alavancar os resultados de uma empresa.

Porém, tenha em mente que apenas calcular o ROI, sem tomar nenhuma decisão em seguida dos resultados, será inútil. Portanto, seus resultados atuam como norte, com o propósito de corrigir falhas e até mesmo investir mais em áreas que necessitam de maior atenção para produzirem melhor. Investir em ROI poderá revolucionar o marketing digital da sua empresa!

Dessa forma, seguiremos para te explicar tudo que você precisa saber sobre o assunto.

Afinal, o que é ROI?

Imagem de uma mulher digitando em um teclado de notebook. a imagem mostra apenas as mãos da pessoa e ao lado do notebook a um celular

Podemos inferir que o ROI é um indicador gerencial, que atua fornecendo o resultado financeiro de investimentos que foram realizados pela empresa.

Além disso, ele é considerado uma das mais importantes métricas de acompanhamento no Marketing. Isso acontece, pois, seus cálculos apontam o quanto de resultado o investimento em determinada área rendeu.

Logo, a partir dos resultados dados, a empresa optará por cessar os investimentos, investir mais neles ou até mesmo mudar o foco, dependendo de suas necessidades.

Como funciona o cálculo de ROI?

Imagem de uma calculadora com notas de 100 reais embaixo. A calculadora representa analises de ROI

Existe um conceito muito parecido com o ROI, que se aprende na disciplina de história na escola: é a famosa Balança Comercial Favorável. Basicamente, a balança comercial está boa se a quantidade que o país exporta é maior que a que ele importa. Porém, se ele importa mais do que exporta, ou importa produtos mais caros do que os exportados, a balança está desfavorável.

Semelhantemente, o ROI diz respeito aos resultados do investimento. Se pensarmos que a sua empresa é um país, para que a balança comercial fique favorável, o ministro da economia deverá investir menos dinheiro do que recebe como resultado.

Porém, o cálculo do ROI se dá de maneira um pouco diferente do exemplo anterior, mas a ideia do resultado é muito parecida.

Em termos equacionais, o ROI pode ser calculado da seguinte forma:

• (Valor arrecadado total — investimento) / investimento= ROI

Em outras palavras, o cálculo se dá através do valor arrecadado total menos o investimento é dividido pelo investimento. Contudo, caso queira chegar a um percentual, deve-se multiplicar o resultado final por 100.

Porém, temos plena ciência de que não é tão fácil aprender sem os números reais, demonstrando a situação. Por isso, vamos ilustrar um exemplo muito parecido com a realidade, mas com números redondos para facilitar as contas!

Cálculo ROI positivo

Para ilustrarmos este cálculo positivo de ROI, começaremos com uma pequena história, que tem o propósito de ilustrar uma situação real.

Imagine uma empresa de sapatos. Essa empresa resolveu vender belíssimos chinelos para o verão, e para divulgar a iniciativa, investiu R$1.000 em campanhas de marketing. Após um mês, foi faturado R$10.000.

Para calcular o ROI, deverá se subtrair o custo (1.000) do valor arrecadado (10.000), ou, em outras palavras, calcular o lucro. Em seguida, dividir este resultado pelo valor do investimento.

10.000 — 1.000 / 1.000 = ROI

9.000 / 1.000 = ROI

9.000/ 1.000 = ROI

ROI = 9, ou 900% do valor investido.

No exemplo acima, o ROI foi positivo. A seguir, vejamos um exemplo em que ele não será!

Cálculo ROI negativo

A mesma empresa de sapatos do item anterior resolveu lançar uma linha de botas com veludo para o inverno. Porém, devido a um fenômeno climático, no inverno do ano de lançamento do produto, não fez absolutamente nenhum frio. Assim, poucas botas foram vendidas.

Porém, o dono da empresa tinha investido novamente R$1.000 em campanhas de marketing para divulgar seu produto. O cálculo, neste caso, ficou assim:

500 – 1000 / 1000 = ROI

– 500 / 1000 = ROI

ROI = -0,5 ou um prejuízo de 50% para a empresa.

Assim, o empreendedor deve buscar por deixar o ROI sempre positivo, evitando a todo custo o prejuízo econômico. Porém, para fazer um bom cálculo, é necessário considerar alguns pontos, visando resultados precisos e certeiros.

O que considerar para um bom ROI?

Imagem de um homem colocando uma moeda em cima de uma torre de moedas que é a maior entra cinco torres aninhadas

O ROI te fornece resultados que poderão te nortear em relação a como prosseguir com as suas campanhas de marketing digital. Dessa forma, seus resultados são mensurados e se pode remanejar recursos e esforços em estratégias que realmente façam a diferença nas suas vendas.

Porém, é extremamente necessário que o seu ROI cumpra critérios básicos, essenciais para a boa mesura dos resultados. Entre eles, estão:

  1. Simplicidade

    O ROI precisa ser fácil de entender. Isso significa que os dados que serão somados para compor o resultado devem estar bem dispostos, garantindo a simplicidade de entendimento e obtenção de resultados.

  2. Organização

    Tenha em mente que quanto melhor os dados estiverem dispostos, maior será a facilidade que você terá para proceder com as medidas apontadas pelo ROI. Por exemplo, se o seu ROI é negativo, você precisa saber exatamente a campanha que falhou, e quanto foi gasto nela, para que isso norteie melhor os seus próximos trabalhos.

  3. Facilidade de se obter

    O cálculo simples deve ser priorizado, pois, através dele, você poderá ter um resultado imediato. Isso é primordial para quem visa remanejar estratégias o mais rapidamente possível, visando o lucro.

Assim, considerando esses três pontos, você poderá fazer um bom ROI.

Por que eu preciso do ROI para o sucesso da minha empresa?

Imagem de uma mulher com a mão esquerda em uma calculadora e com uma caneta na mão direita. a frente a um notebook e diversos itens de escritório.

Quando se coloca o ROI em prática, você experimenta diversas vantagens. Você com certeza já sabe que o maior lucro é uma delas, mas há outras que também merecem sua atenção.

Primeiramente, você aumenta o controle em cima dos seus investimentos e resultados. Dessa forma, você consegue identificar as melhores áreas de investimentos dentro do seu segmento.

Além disso, você também garante que os recursos sejam utilizados da melhor maneira possível, sem perder tempo e dinheiro com campanhas geradas que não tiveram retorno.

Dessa forma, cria-se quase que um banco de conteúdo, em que você sabe exatamente o que vai te dar retorno e o que você precisa evitar a todo custo.

Além disso, você passará a acompanhar os resultados na sua empresa de maneira muito mais palpável e real, entendendo quando e onde as alterações devem ser feitas. Tudo isso através dos relatórios do ROI.

Dica B2B Stack: Como fazer análise de ROI

A seguir, listaremos algumas dicas sobre como fazer análise de ROI. Dessa forma, você não cairá em um senso comum que tende a prejudicar a lucratividade, focando principalmente nos números.

Além disso, você já utiliza o ROI em seu negócio, fique atento! Pois, os itens a seguir, poderão apontar o problema que você não está identificando, mas está interferindo diretamente no valor arrecadado mensalmente pelas campanhas de Marketing.

Problematize valores altos em muito tempo

O seu ROI pode ter apontado um resultado de 500%. Porém, a campanha rodou por um tempo extremamente longo, o que significa que, na prática, você não lucrou tanto quanto imaginava, tendo em vista o custo da taxa mensal.

Este primeiro item é muito comum de acontecer. Quanto mais uma campanha fica no ar, menos você consegue se atualizar com as tendências atuais, que mudam em uma velocidade extremamente elevada. Dessa forma, você ficará em desvantagem séria
aos seus concorrentes, que buscam estar sempre alinhados com as novidades do mercado.

Logo, mesmo que o ROI esteja positivo, nestes casos, valerá mais a pena mudar de campanha. Porém, para fugir deste erro tão comum, nossa recomendação é que você foque em análises recorrentes. Ou seja, ao invés de fazer os cálculos ao fim do processo, invista em fazê-los com uma frequência alta.

Dessa maneira, você saberá os números reais, sem ser “enganado” por resultados que aparentam ser ótimos, mas, na prática, mostram-se muito desfavoráveis.

Cuidado com a Sazonalidade

Mesmo que a sua campanha aponte para um resultado incrível e um retorno bem alto, você precisa considerar se não foi a sazonalidade que ocasionou os números. Ou seja, se questione se retorno positivo não veio de um período específico em que
o seu produto ou serviço venderia mais, e se essas vendas realmente se repetiriam ao investir em campanhas semelhantes. Dessa forma, você não arrisca o seu orçamento em uma base que talvez não esteja tão sólida, como nos casos em que não
se tem certeza do porquê do recorde nas vendas.

Um exemplo excelente dessa sazonalidade é uma marca que vende roupas. Nesse cenário hipotético, no mês de Abril, um vestido fez sucesso absurdo na internet por causa de uma apresentadora famosa da televisão que o usou. Muitas pessoas buscaram comprá-lo o quanto antes possível, e em resposta, o ROI do mês de Abril foi extremamente positivo.

Porém, a febre durou pouco e rapidamente o vestido já caiu em esquecimento. Nesse cenário, repetir uma campanha que aparentou dar certo seria um tiro no pé do empreendedor. Assim, ficar atento ao mercado e à sazonalidade que pode ter ocasionado os seus resultados é uma das maneiras mais seguras de proceder.

Não reutilize campanhas

Reutilizar campanhas de divulgação pode parecer uma ótima alternativa, tendo em vista que o investimento na parte de criação será bem menor. Porém, é necessário ter em mente que a sua concorrência está buscando inovar a cada dia, se alinhando às tendências e optando por linguagens que realmente atraiam o consumidor.

Dessa forma, se você é “mão de vaca” no que diz respeito às campanhas, você corre o risco de ser superado, uma vez que seu material não terá nada de especial que leve seu cliente à ação. Seu custo no cálculo do ROI será menor, mas o lucro
também o será.

Não leve em conta métricas de vaidade

As métricas de vaidade nada mais são que resultados que não dizem respeito a um valor financeiro. Por exemplo, quantidade de curtidas nas mídias sociais, compartilhamentos, entre outros.

Em outras palavras, pode ser que a sua campanha tenha aumentado muito as curtidas da página no Instagram. Porém, quando se diz respeito ao lucro que a empresa teve, o valor foi ínfimo.

Assim, ao calcular o ROI e nortear seus resultados, as métricas de vaidade precisam ser desconsideradas, tendo em vista que o objetivo é o lucro em si.

Conclusão

Imagem de um homem digitando em uma calculadora com uma nota fiscal na mão esquerda

Como você pode constatar no artigo, o ROI é uma ferramenta essencial para monitorar e gerar os resultados de uma empresa. Ele é indispensável caso seu objetivo seja a maior lucratividade e controle das suas operações, visando sempre o melhor Marketing para o seu negócio.

Aqui, no portal b2b Stack, você poderá encontrar as melhores estratégias de Marketing do mercado. Todas feitas para te ajudar a impulsionar as suas vendas e automatizar todos os seus processos corporativos!

Nosso portal reúne milhares de softwares, que serão seus maiores aliados na hora de escolher as ferramentas do mercado que mais se adequem ao seu negócio. Dessa forma, optar pelos softwares da B2B Stack é garantir que os resultados do seu
cálculo de ROI rendam da melhor maneira possível, garantindo o seu lucro e a prosperidade da sua empresa. Mude sua forma de contratar softwares com a B2B Stack!

Publicado por Vitoria Cristina Pereira

Estudante de Letras na USP, completamente apaixonada pela escrita e pela leitura. Acredito no poder que a tecnologia tem de transformar as relações e facilitar o dia a dia das pessoas. Também creio que a leitura revoluciona todo aquele que se dispõe a aproveitá-la. Juntando esses dois, busco trazer informação e inovação para o seu dia a dia!


Artigos relacionados